Brasília: CNTTL, Sindicatos e caminhoneiros autônomos protocolam documento na ANTT para elaboração da nova resolução do Piso Mínimo de Frete

Nova resolução deverá ser publicada até 20 de janeiro de 2020

Por: Vanessa Barboza, Redação CNTTL
Publicação: 25/11/2019
Imagem de Brasília: CNTTL, Sindicatos e caminhoneiros autônomos protocolam documento na ANTT para elaboração da nova resolução do Piso Mínimo de Frete

divulgação

Para debater a nova resolução do Piso Mínimo do Frete, a CNTTL participou no último dia 18 de novembro de audiência pública na Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), em Brasília.

Na ocasião, a Confederação  protocolou  documento elaborado pelo professor José Valdemir, da Faculdade de Ijuí, no Rio Grande do Sul, que dará subsídio para a ANTT sobre a nova resolução do Piso Mínimo de Frete que será publicada até 20 de janeiro de 2020.

Também assinam o protocolo o Sindicato dos Transportadores Autônomos de Carga  de Ituí,  Rio Grande do Sul (SINDITAC-IJUI-RS);  a Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Cargas de Ituí (COOTAC-IJUÍ-RS), a Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Cargas e Veículos de Anápolis/Goiás (Cooperana) , a Associação dos Caminhoneiros do Sul Fluminense (ACASULF), o Sindicato dos Transportadores Autônomos de Goiás (SINDITAC-GO),  o Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens do Estado de Goiás (SINDICAM-GO) e alguns caminhoneiros autônomos. 

Novo cálculo do Piso Mínimo

A nova resolução prevê que 11 categorias de cargas serão usadas no cálculo do frete mínimo e amplia os itens considerados no cálculo.

Além da distância percorrida, o cálculo do frete mínimo também considera o tempo de carga e descarga do caminhão, custo com depreciação do veículo, remuneração do caminhoneiro, impostos, entre outros.

O Piso Mínimo do Frete foi criado em 2018 pelo governo Michel Temer, após a greve dos caminhoneiros que bloqueou estradas e comprometeu o abastecimento de combustível, de medicamentos e de alimentos em todo o Brasil. Essa era umas das reivindicações prioritárias da categoria.

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email:

Filiados