SP: CNTTL participa de audiência pública da ANTT para definir regras sobre os indicadores do piso mínimo do frete

Nova tabela de frete deverá entrar em vigor no dia 20 de julho

Por: Vanessa Barboza, Redação CNTTL
Publicação: 14/05/2019
Imagem de SP: CNTTL participa de audiência pública da ANTT para definir regras sobre os indicadores do piso mínimo do frete

Presidente Paulinho e Marcílio Garcia, dirigente do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e da CNTTL

A CNTTL, representada pelo presidente Paulinho, está participando nesta terça-feira (14), em São Paulo, de Audiência Pública promovida pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

A audiência, que está sendo realizada em todo o país, tem como objetivo estabelecer as regras gerais, a metodologia e os indicadores dos pisos mínimos, referentes ao quilômetro rodado na realização de fretes, por eixo carregado, instituído pela Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas  (PNPM-TRC). As consultas terminam no dia 24 de maio.

Durante a audiência, Nelson de Carvalho Junior, caminhoneiro de Volta Redonda/RJ, falou sobre a necessidade melhorias para os autônomos. "Para que o transporte aconteça no país, tudo depende dos caminhões. O custo do motorista e dos caminhão são caros. Leis foram feitas para serem cumpridas, mas infelizmente não são, por isso, a fiscalização tem que ser rigorosa. Além disso, pagamos muitos impostos e só temos aumento no diesel. Nosso país precisa melhorar muito", destacou.  

De acordo com o governo federal, no dia 20 de julho, será elaborada uma nova tabela de frete que será definida em conjunto pelo setor rural, indústria e transportes.

Luta

A conquista da Lei sobre a criação da Tabela do Preço Mínimo do Frete (referente ao custo mínimo) é um exemplo da luta da CNTTL que a defendeu  no Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário de Cargas (TRC) criado em 2015, no governo da então presidenta, Dilma Rousseff (PT), bem como outros temas de interesse dos transportadores autônomos: pontos de parada com estrutura adequada para descanso nas rodovias; renovação de frota aposentadoria; melhorias nas condições das rodovias /preço do diesel/segurança, exame toxicológico para todos os motoristas; entre outros .

 

 

 

 

 

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: