Acuado, Temer revoga decreto ditatorial

Golpista sofreu uma enxurrada de críticas por ter cometido novo crime de responsabilidade ao chamar as Forças Armadas para "garantir a lei e a ordem" durante protesto pacífico

Por: Com Fórum
Publicação: 25/05/2017 às 12:35 - Atualização: 25/05/2017 às 12:37
Imagem de Acuado, Temer revoga decreto ditatorial

Valter Campanato/Agência Brasil

Diante da grande repercussão negativa de vários setores da sociedade, o ilegítimo Michel Temer acaba de revogar o decreto publicado na quarta-feira (24) no Diário Oficial que autorizava o uso das Forças Armadas no Distrito Federal.

O texto de revogação usa como argumento o fim das manifestações em Brasília: “Considerando a cessação dos atos de depredação e violência e o consequente restabelecimento da Lei e da Ordem no Distrito Federal, em especial na Esplanada dos Ministérios”. 

A promulgação do decreto provocou fortes reações. O ministro do STF, Marco Aurélio de Mello, assim eu soube do ocorrido, reagiu espantado: “Espero que seja mentira”.

O decreto, de acordo com informações do Palácio do Planalto, foi promulgado a partir de um pedido do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que desmentiu o presidente e disse que solicitou apenas o uso da Força Nacional.

 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
WhatsApp Redação: (11) 96948-7446


Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
Modalcast https://spoti.fi/2YAFWKn #Episódio 4

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: