Cleide: “Uma mulher empoderada tem mais propriedade e convicção pra lutar pelos seus direitos"

A companheira é secretária nacional de políticas sindicais da CNTTL/CUT e dirigente do Sindicato dos Rodoviários do ABC

Por: Vanessa Barboza e Viviane Barbosa, Redação CNTTL
Publicação: 29/03/2017
Imagem de Cleide: “Uma mulher empoderada tem mais propriedade e convicção pra lutar pelos seus direitos

Cleide Tameirão - foto: Mídia Consulte

A entrevistada de hoje para a série "Mulheres no Transporte: O que conquistamos e o que podemos avançar” do portal CNTTL, é companheira rodoviária, Cleide Tameirão, secretária nacional de políticas sindicais da nossa Confederação e dirigente do Sindicato dos Rodoviários do ABC.

Para Cleide, no cenário nebuloso que o Brasil passa com o governo golpista de Temer, a mulherada precisa se empoderar cada dia mais. “Uma mulher empoderada tem mais propriedade e convicção pra lutar pelos seus direitos", alerta. Confira a seguir:

Portal CNTTL/CUT:  Quem o Sindicato dos Rodoviários do ABC representa? 

Cleide Tameirão: Nós representamos motoristas, cobradores, auxiliares de serviços gerais em todos os transportes como coletivo, cargas, fretamento, limpeza urbana, empilhadeiras, etc.    

Portal CNTTL/CUT: Quais são as principais empresas?

Cleide: São cerca de 130 linhas de ônibus municipais e intermunicipais em Santo André, São Bernardo, São Caetano, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra e Diadema, da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU). Além da São Sbctrans e Metra, que é considerada  transporte modelo, pois trafega somente em corredores.                        

Portal CNTTL/CUT:  Quais são as principais lutas da categoria? 
Cleide:   Hoje devido a crise instaurada no nosso país estamos lutando pela garantia do emprego. Além disso, discutimos políticas sindicais para todos os tipos de transporte da região como dissídio coletivo, negociar aumento real acima da inflação, convênio médio  gratuito para os titulares e pretendemos lutar para que seja estendido aos dependentes e convênio odontológico gratuito a toda a categoria até mesmo quem não é sócio.

Portal CNTTL/CUT:  O que você destaca como direito conquistado pelas mulheres na  Convenção Coletiva de Trabalho da categoria?

Cleide: Um ponto positivo para as mulheres da nossa categoria é a igualdade salarial.

Portal da CNTTL/CUT: Qual é a sua mensagem para as mulheres nesse ano de ataques aos direitos da classe trabalhadora?

Cleide:  A mensagem que deixo para as mulheres é que continuem lutando pelos seus objetivos e se empoderem cada dia mais para argumentar com propriedade e convicção em todos os campos sociais, políticos e econômicos.

 

                  


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: