Porto Seguro: CNTTL e FENTAC condenam prática arbitrária da CAEMA contra sindicalista no Aeroporto

Nilton Mota foi o único que teve seu carro e suas bagagens revistadas no sábado (26)

Por: Assessoria de Imprensa FENTAC com Radar Notícia de Porto Alegre
Publicação: 29/09/2015
Imagem de Porto Seguro: CNTTL e FENTAC condenam prática arbitrária da CAEMA contra sindicalista no Aeroporto

Foto: Messias Filho

Um grupo de policiais da Companhia de Ações Especiais da Mata Atlântica (CAEMA) agiu de forma autoritária ao “revistar” o carro e as bagagens do diretor de base do Sindicato Nacional dos Aeroviários (SNA)no Aeroporto de Porto Seguro, Nilton Mota, que também é dirigente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte e Logística da CUT (CNTTL) e da Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT (FENTAC).

O episódio lamentável aconteceu no Aeroporto de Porto Seguro, no último sábado (26). Segundo matéria do Radar Notícia, o comandante da CAEMA disse que a ação foi para “prevenir que acontecessem manifestações dos aeroviários nas dependências do aeroporto”.

“Baseado em boatos de que uma suposta manifestação de protesto estaria para acontecer a CAEMA posicionou várias viaturas em pontos estratégicos na entrada do aeroporto e uma barreira para vistoriar veículos que estavam entrando no aeroporto. A polícia buscava por materiais de protestos, tal como, faixas, apitos e cartazes com frases de protestos”, relata a reportagem, assinada pelo jornalista Messias Filho.

Coincidência

Ainda de acordo com o Radar Notícia, coincidentemente, no momento em que a CAEMA posicionou várias viaturas em pontos estratégicos na entrada do Aeroporto, fazendo uma barreira para vistoriar veículos, o sindicalista Nilton desembarcava em Porto Seguro vindo do Lançamento da Campanha Salarial da FENTAC/CUT, que aconteceu no GRU Airport.

“Não havia nenhuma manifestação marcada para sábado, mas diante dos descumprimentos dos acordos e desrespeitos com as leis trabalhistas e convenções, novas manifestações irão acontecer”, disse o sindicalista.

Coronelismo

Perguntado sobre o lamentável episódio, Nilton reforça que “as forças polícias” não são para reprimir manifestações pacíficas, e muito menos para impedir algo que não aconteceu.

“Em Porto Seguro prevalece o coronelismo, a polícia está sendo usada para impedir o direito de qualquer cidadão de se manifestar, direito garantido por lei, na constituição”, frisa.

Apoio 

FENTAC/CUT e a CNTTL/CUT condenam essa prática “autoritária”, caracterizada como antissindical, adotada pela polícia ambiental no Aeroporto de Porto Seguro.

“Manifestamos nosso apoio ao companheiro, Nilton, e repudiamos esse posicionamento arbitrário da polícia que deve agir na proteção e defesa do cidadão e não coibindo a liberdade de expressão, que é legítima, e está assegurada em Leia, frisam as entidades representativas dos trabalhadores em transportes.

As entidades também cobrarão dos órgãos competentes baianos que coíbam esse tipo de conduta, que é inaceitável no estado democrático que todos vivem no Brasil.


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: