Autoridades recebem notificação da greve dos caminhoneiros que começa nesta segunda

Segundo o documento, a orientação geral de adesão à paralisação é para que os caminhoneiros “parem em casa”. 

Por: Viviane Barbosa, Redação CNTTL
Publicação: 29/01/2021
Imagem de Autoridades recebem notificação da greve dos caminhoneiros que começa nesta segunda

Documento Ofício enviado ao Bolsonaro

O Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas (CNTRC) encaminhou nesta sexta-feira (29) documento para autoridades brasileiras comunicando o prazo de 72 horas – contados a partir de hoje – para realização da paralisação dos caminhoneiros que iniciará nesta segunda-feira, 1º de fevereiro, em todo o país. No documento, a entidade destaca o direito à greve, assegurado na Lei Nº 7.783/1989 -- e também divulga recomendações para os caminhoneiros exercerem esse direito.

A orientação geral de adesão à paralisação é para que os caminhoneiros “parem em casa”. 

“No entanto, os motoristas, caminhoneiros e carreteiros que estejam em trânsito, assim como as lideranças e colaboradores que estejam em apoio na pista, nos pátios, nos pontos de parada e nos piquetes de informação são orientados a seguir integralmente e sem ressalvas as normas de saúde pública de prevenção ao contágio do coronavírus (Covid-19) expedidas pela OMS, pelo Ministério da Saúde e pelas Secretarias Estaduais e municipais de Saúde no âmbito de suas respectivas circunscrições, mantendo o distanciamento social, o uso de máscara, assepsia com álcool gel”, cita trecho do documento enviado às autoridades.

A CNTTL (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística) que apoia o movimento já orientou essas recomendações para todos os 800 mil caminhoneiros autônomos e celetistas da sua base.

Cresce adesão à paralisação dos caminhoneiros no país no dia 1º de fevereiro

Comunicados
Os ofícios foram enviados para Polícia Rodoviária Federal, Ministério da Justiça, Segurança Pública, Presidência da República, Departamento Nacional de Defesa do Consumidor, Ministério de Minas e Energia; Conselho Administrativo de Defesa Econômica; Congresso Nacional; Ministério da Infraestrutura; Confederação Nacional do Transporte (CNT), Secretaria do Tesouro e Petrobras. 

O documento informa que caso as autoridades queiram evitar a paralisação, devem entrar em contato por escrito pelo e-mail (diretoria@cntrc.com.br)  para agendar reunião por videoconferência.

Solidariedade internacional

A greve nacional dos caminhoneiros recebeu apoio de entidades internacionais de trabalhadores. A FUTAC (Federação Unitária de Transporte, Porto, Pesca e Comunicação da América) e a PAME (All Workers Militant Front) enviaram notas de solidariedade. A Federação representa cerca de 400 mil trabalhadores na América Latina e Caribe nos setores de transporte terrestre de passageiros e cargas, transporte público urbano, portuário, aéreo, pesca e comunicações.

Adesão ao movimento paredista:

Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas – CNTRC
Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística – CNTTL
Sindicato dos Transportadores Autônomos de Cargas de Guarulhos - SINDITAC GRU, Associação Portuária dos Transportadores de Cargas do Brasil – ASPORTC
Associação de Motoristas Autônomos do Brasil – AMAB
Cooperativa dos Caminhoneiros Autônomos de Barra Mansa - COOPERTRINTA, Associação dos Caminhoneiros Autônomos do Sul Fluminense – ACASULF
Sindicato dos Transportadores Autônomos de Cargas de São José dos Pinhais – SINDITAC SJP,
Sindicato dos Transportadores Autônomos de Cargas de Jundiaí e Região
SINDICAM Jundiaí
Sindicato dos Transportadores Autônomos de Cargas de Rio Grande e Região – SINDICAM RIO GRANDE
Sindicato dos Petroleiros do Estado do Rio de Janeiro - SINDPETRO-RJ
Federação Nacional dos Petroleiros – FNP
Associação Nacional de transporte do Brasil – ANTB
Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Aquaviários e Aéreos, na Pesca e nos Portos – CONTTMAF


Clique aqui e veja documento


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: