Nota do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região sobre o transporte urbano em Sorocaba

Por: Fabiana Caramez, Rodoviários de Sorocaba
Publicação: 07/04/2020

O Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região vem à público esclarecer que, diante do número crescente de passageiros em circulação no transporte urbano de Sorocaba, o que vem gerando constantes aglomerações de pessoas no interior dos ônibus e, consequente, possibilidade de contágio pelo novo coronavírus (Covid-19), solicitou às empresas do transporte urbano de Sorocaba e à Urbes – Trânsito e Transportes o aumento da frota de ônibus em operação, em especial nos horários de pico.

O Sindicato dos Rodoviários avalia que o aumento no número de passageiros está relacionado a alguns fatores: a) a ampliação, por decreto, das categorias essenciais que devem permanecer em atividade durante o período de quarentena determinado pelo poder público; b) a pressão de parte do empresariado que vem forçando seus funcionários a voltarem a trabalha; c) a falta de ações mais rígidas por parte do poder público local para manter as pessoas em isolamento social e coibir a circulação desnecessária; d) as atitudes de Jair Bolsonaro confundem a população sobre a necessidade do isolamento social como forma de proteção contra a contaminação pelo novo vírus.
Infelizmente, as empresas estão resistentes em ampliar a frota de ônibus em circulação nas ruas e falta compreensão ao poder público sobre a gravidade do problema.

O Sindicato dos Rodoviários afirma que, em um primeiro momento, avalia que a solução do problema de aglomeração passa pela ampliação da frota de ônibus em operação. Porém, reafirma seu posicionamento primeiro de respeito às autoridades de Saúde brasileiras e mundiais que orientam pelo isolamento social como a ação mais eficaz para conter a disseminação do novo coronavírus e, dessa forma, impedir o colapso do sistema de Saúde e, consequente, ampliação de mortes.

Dito isso, o Sindicato esclarece que, na manhã desta segunda-feira, 6, os trabalhadores em transportes estavam prontos para iniciar a operação de um número maior de ônibus. Motivo pelo qual muitos trabalhadores estavam nas garagens das empresas nesta madrugada e não para a realização de assembleia.

Por fim, o Sindicato dos Rodoviários informa que, diante da falta de ação do poder público e em preservação à saúde da categoria e da população, está orientando os trabalhadores em transportes a respeitarem rigorosamente os decretos em vigor que determinam o transporte apenas de passageiros sentados nos bancos dos coletivos, como forma de impedir aglomerações.

Dessa forma, o Sindicato dos Rodoviários pede a compreensão dos passageiros. Se o ônibus não parar no ponto para o embarque é porque, provavelmente, já está com lotação de banco. Neste caso, o Sindicato solicita aos passageiros que cobrem do poder público a ampliação da frota de ônibus em circulação.


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: