Rio de Janeiro: Ferroviário de 27 anos morre electrocutado no trabalho

A CNTTL e o Sindicato dos Ferroviários da Central do Brasil manifestam solidariedade à família do trabalhador e pedem que o caso seja apurado.

Por: Viviane Barbosa, da Redação da CNTTL
Publicação: 24/03/2020
Imagem de Rio de Janeiro: Ferroviário de 27 anos morre electrocutado no trabalho

card do Sindicato

É com pesar que a CNTTL comunica o falecimento do trabalhador, Matheus dos Santos da Silva (27), ferroviário na SuperVia, no Rio de Janeiro. O Sindicato dos Ferroviários da Central do Brasil também soltou nota de condolências.

Segundo informações do grupo de Whatsapp da "CBTU contra a privatização", ele morreu nesta terça-feira (24) no local de trabalho, após ter sido electrocutado na Oficina Deodoro. Ele teria recebido uma carga elétrica de 3.000 mil watts.

Em comunicado, a SuperVia manifestou pesar pelo ocorrido ao trabalhador e disse que está em contato com a família, manifestando o suporte necessário.

A CNTTL se solidariza com a família do trabalhador ferroviário e pede que sejam feitas as apurações necessárias para elucidar o caso.

#AcidenteSuperVia
#Apuração
#Ferroviário

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email:

Filiados