Covid-19: Sincoverg cobra da Guaruset medidas de proteção para motoristas

O presidente do Sindicato, Brinquinho, cobrou dos gerentes das empresas de transportes que sejam adotadas medidas emergenciais.

Por: Viviane Barbosa, da Redação da CNTTL
Publicação: 16/03/2020
Imagem de Covid-19: Sincoverg cobra da Guaruset medidas de proteção para motoristas

Brinquinho em reunião com Guaruset - foto: arquivo Sincoverg

Preocupado com a saúde dos cinco mil condutores da cidade Guarulhos, localizada na Grande São Paulo, diante da pandemia de coronavírus no país, o Sincoverg (Sindicato da categoria) se reuniu nesta segunda-feira (16) com a Guaruset (Sindicato Patronal das empresas de transportes).

Na reunião, o presidente do Sindicato, Orlando Maurício Jr, mais conhecido como Brinquinho, cobrou dos gerentes das empresas que sejam adotadas medidas emergenciais para evitar que a epidemia do Covid-19 contamine os trabalhadores e a população.
  
“Pedimos que sejam disponibilizados aos motoristas EPI (equipamento de proteção individual) e outros utensílios como: álcool gel, sabonete líquido em todos os pontos de parada de ônibus, bem como papel tolha, e máscaras descartáveis. Outra medida é a assepsia dos ônibus”, disse o sindicalista.

O Secretário de Relações do  Trabalho da CUT-SP, diretor da CNTTL e do Sindicato, Wagner Menezes, o Marrom, também sugeriu que as empresas contratem uma empresa especializada em uniformes e disponibilizem para os motoristas. “É uma forma de prevenir a contaminação pelo vírus, porque o motorista chega em casa, com a roupa do trabalho, e pode contaminar seus familiares. O uniforme descartável é uma alternativa”, pontua.

As empresas de transporte informaram ao Sincoverg que as medidas de prevenção serão tomadas.

Medidas da Prefeitura 

Outra ação do Sindicato é cobrar da Prefeitura de Guarulhos medidas para conter a epidemia do Covid-19  nos terminais de ônibus localizados nos bairros dos Pimentas, São João, Fortaleza, Taboão, Cocaia, Cecap e Vila Galvão.

“Temos em Guarulhos em torno de 1.300 milhões de habitantes, nosso transporte coletivo conta com 894 veículos, transportando diariamente quase 11 milhões de passageiros, portanto, imaginem o perigo disso para a transmissão da infecção”, alerta Brinquinho.

“Neste momento de crise, para proteger a população e os trabalhadores é fundamental que a Prefeitura faça a assepsia dos terminais e a limpeza dos banheiros públicos. A maioria está sem administração há dois anos, se nada for feito é melhor lacrá-los”, conta Marrom.

Brinquinho, que também é vereador na cidade, disse que a política irresponsável do Prefeito Guti (PSB) contribuiu para a redução do Programa Mais Médicos, deteriorando o sistema de saúde municipal.

“É só visitar uma UBS para perceber a gravidade do problema, imaginem o caos se o coronavírus começar a circular entre nós. É muita irresponsabilidade! Tenho obrigação de denunciar esse desleixo e exigir da Prefeitura medidas urgentes para o enfrentamento dessa crise que já pode estar entre nós”, finaliza.

 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: