“Democracia em Vertigem” é indicado na categoria de melhor documentário ao Oscar 2020

O filme dirigido por Petra Costa, produzido pela Netflix, mostra os meandros do golpe de 2016 que culminou com o impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT).

Por: Viviane Barbosa da Redação da CNTTL
Publicação: 13/01/2020
Imagem de “Democracia em Vertigem” é indicado na categoria de melhor documentário ao Oscar 2020

O filme brasileiro “ Democracia em Vertigem” foi indicado ao Oscar 2020 na categoria Melhor Documentário. A lista completa das indicações foi divulgada nesta segunda-feira (13) pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. O filme dirigido por Petra Costa, produzido pela Netflix, mostra os meandros do golpe de 2016 que culminou com o impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT).

A obra, que também é narrada pela diretora, concorre com mais quatro indicados: “American factory”,”The cave”, “For Sama” e “Honeyland”. A entrega da estatueta ocorrerá no dia 9 de fevereiro.

A presidenta Nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR) e a maioria dos parlamentares que se pronunciaram em suas contas no Twitter, à época, viveram e atuaram no Congresso Nacional contra o golpe parlamentar que maculou a democracia brasileira. Para a deputada, com o documentário, o mundo vai conhecer a partir da narrativa de Petra Costa, a página infeliz da história recente do Brasil. “Recebemos com alegria a notícia de que Democracia em Vertigem está entre os filmes indicados ao Oscar. O golpe contra Dilma e a democracia no Brasil vem sendo denunciado ao mundo e agora amplia horizontes. Parabéns”, celebrou Gleisi.

Retrocesso nos direitos

A aprovação da reforma trabalhista em 2017 e a eleição de Jair Bolsonaro, em 2018, aprofundaram o golpe de Estado com a reforma da previdência e cortes de programas sociais e investimentos em cultura, educação, esporte, saúde, enfim em todas as áreas sociais.

O governo ​​​Bolsonaro elegeu a cultura e a liberdade de expressão como inimigas de seu governo obscurantista. "O governo aparelhou a Agência Nacional do Cinema (Ancine) para impedir a produção de obras que retratam a história e a vida brasileira como Marighela, de Wagner Moura, A Vida Invisível, de Karim Aïnouz, filmes de temática LGBT e qualquer obra que pense a liberdade", destaca matéria da CTB sobre a indicação do documentário de Petra.

A CNTTL está na torcida para que o documentário de Petra Costa leve a estatueta do Oscar para Brasil. 

 

Assista ao trecho:

 

 

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email:

Filiados