Espírito Santo: Rodoviários anunciam paralisação em defesa do posto de cobrador e por reajuste salarial digno

O motivo é a proposta de reajuste de 2,5% apresentada pelo sindicato patronal à categoria e a retirada dos cobradores

Por: Vanessa Barboza e Viviane Barbosa, Redação CNTTL
Publicação: 29/11/2019
Imagem de Espírito Santo: Rodoviários anunciam paralisação em defesa do posto de cobrador e por reajuste salarial digno

(Foto: Divulgação/ Ceturb-GV)

Os rodoviários da Grande Vitória, no Espírito Santo  vão cruzar os braços na próxima segunda-feira (2). A categoria decidiu pela paralisação em assembleia, realizada na quarta-feira (27). 

Segundo a direção do  Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado (Sindirodoviários), o motivo é a proposta de reajuste de 2,5% apresentada pelo sindicato patronal à categoria e a retirada dos cobradores.

“Esse governador que se diz socialista está atropelando a gente. Tirou mais de 100 cobradores, estamos correndo atrás para reverter", disse José Carlos Sales, presidente do Sindicato, ao portal CNTTL. 

Os motoristas e cobradores reivindicam 5% de reajuste nos salários e benefícios, pagamento de 70% do plano de saúde por parte das empresa, atualmente, só é pago 30%, mudança da data-base para maio, manutenção dos cargos dos cobradores. O Sindicato informa também que vai respeitar a Lei de Greve 7.783/89, que prevê funcionamento de 30% do transporte coletivo.  

O Sindirodoviários representa cerca de 13 mil motoristas e cobradores e a data-base da categoria é 1º de novembro. 
 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
WhatsApp Redação: (11) 96948-7446


Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
Modalcast https://spoti.fi/2YAFWKn #Episódio 4

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: