Espírito Santo: CNTTL defende criação do Agente de Bordo em audiência da Frente Parlamentar em defesa dos Rodoviários

Essa foi a primeira reunião da Frente e o presidente é o deputado Vandinho Leite (PSDB) que organizou a atividade. Também integram a Frente 11 deputados.

Por: Viviane Barbosa, da Redação da CNTTL
Publicação: 22/11/2019
Imagem de Espírito Santo: CNTTL defende criação do Agente de Bordo em audiência da Frente Parlamentar em defesa dos Rodoviários

Paulinho defende a função do Agende de Bordo nas linhas Trascol

A Frente Parlamentar em Defesa dos Rodoviários do Estado do Espírito da Assembleia Legislativa realizou no dia (21) uma audiência pública para propor ações que propiciem ao rodoviário capixaba melhores condições de trabalho, segurança, qualidade de vida e defesa de seus direitos.

Essa foi a primeira reunião da Frente e o presidente é o deputado Vandinho Leite (PSDB) que organizou a atividade. Também integram a Frente 11 deputados.

Participaram da audiência entidades representativas dos trabalhadores e trabalhadoras, como o Sindicato dos Rodoviários e a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte e Logística (CNTTL), do poder judiciário, das empresas e dos passageiros.

Agente de Bordo

A defesa da profissão do agente de bordo nas linhas do Sistema Trascol (Sistema metropolitano de transporte coletivo integrado de estrutura tronco-alimentadora que funciona dentro da Região Metropolitana de Vitória, no estado do Espírito Santo) foi a principal reivindicação.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários do ES, João Carlos Cardoso, disse em entrevista ao Jornal Panorama, que a extinção total da função dos cobradores vai impactar cerca de 3.500 trabalhadores do setor.

“O motorista também ficará ainda mais sobrecarregado. Como o motorista irá auxiliar o cadeirante? A escala de trabalho també não é adequada, tem muito motorista com problema de saúde, estresse e isso irá aumentar sem o segundo profissional dentro do coletivo”, explicou.

O presidente da CNTTL, Paulo João Estausia, Paulinho, falou na audiência pública e defendeu a importância da criação da função do agente de bordo, iniciativa já implantada em outros estados.

“Esse profissional será um auxiliar dentro do coletivo sendo responsável por todos os passageiros, como por exemplo, no auxílio na rampa de acessibilidade; nas manobras dos pontos finais nas periferias quando há problemas de iluminação precária. O agente de bordo também auxilia no embarque dos idosos, mantém o veículo limpo. A única coisa que o agente de bordo não faz é dirigir e cobrar”, explica Paulinho ao Jornal Panorama.

O presidente da CNTTL também informou que os sindicatos filiados à Confederação têm promovido  treinamentos para esses profissionais, visando a sua capacitação para a função. "Eles fazem cursos de relações públicas e primeiros socorros, funções importantes para atender os passageiros", ressalta.

Negociação Permanente

O Procurador do Ministério Público Estado, Valério Heringer, defendeu um maior diálogo entre as partes (trabalhadores e empresas) e o presidente da Frente, o deputado Vandinho Leite, destacou que é fundamental a criação de uma mesa permanente de negociação com categoria. “Vamos trabalhar neste momento para diminuir esse sofrimento que a categoria vem passando até o momento”, finalizou.


Presidente do Sindicato dos Rodoviários do ES, João Carlos Cardoso







 


Assista à reportagem no Jornal Panorama- Assembleia Legislativa do ES

 

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email:

Filiados