São Sebastião (SP): Sem reajuste salarial, portuários cruzam os braços

Paralisação teve início nesta terça-feira (4)

Por: Redação CNTTL
Publicação: 04/06/2019
Imagem de São Sebastião (SP): Sem reajuste salarial, portuários cruzam os braços

Paralisação no porto de São Sebastião

Os portuários no Porto de São Sebastião, em Santos,  entraram em greve, na manhã desta terça-feira (4), por reajuste salarial. A informação é do Sindaport (Sindicato dos Trabalhadores Administrativos em Capatazia nos Terminais Privativos e Retroportuários e na Administração em Geral dos Serviços Portuários do Estado de São Paulo). 

Segundo o Sindicato, a paralisação dos serviços ocorre desde às 7h desta terça-feira. Em comunicado o Sindaport explica que o movimento grevista acontece porque " a Companhia Docas de São Sebastião não cumpriu com a aplicação do reajuste referente à data-base de 2018 e ainda não apresentou resposta a pauta de reivindicações referente à data-base de 2019". 

Em respeito a Lei de Greve 7.783/89, o Sindaport informa que durante a greve serão mantidas equipes de trabalhadores com propósito de assegurar os serviços.


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: