Portuários farão reuniões em junho para definir rumos da Campanha Salarial e Portus

Reuniões acontecem nos dias 5,6 e 11

Por: Vanessa Barboza, Redação CNTTL
Publicação: 31/05/2019
Imagem de Portuários farão reuniões em junho para definir rumos da Campanha Salarial e Portus

Porto de Vitória - Foto: divulgação

A Federação Nacional dos Portuários (FNP) vai realizar nos dias 5 e 6 de junho, em Brasília, reuniões com os presidentes dos Sindicatos dos Portuários para definir os rumos da Campanha Salarial da categoria, que segue sem avanço. Na oportunidade, os trabalhadores também terão uma reunião com o Secretário de Portos. A data-base dos trabalhadores nos portos é 1º de junho.

“O governo, em qualquer esfera, ou época, irá sempre tentar dificultar a vida do sindicalista. Não podemos esquecer que ele (governo) é o patrão. Então, cabe a todos nós, que representamos os/as trabalhadores/as, ir à luta, e ainda, usar todos os meios de persuasão, como estratégia que possa conseguir fazer com que o governo adote outra conduta nas negociações”, destaca o presidente da FNP, Eduardo Guterra e vice-presidente da CNTTL.

Portus

No dia 11 de junho, será realizada uma nova reunião para debater o Portus – Fundo de Pensão dos portuários das Companhias de Docas, no Ministério da Infraestrutura, em Brasília.

O Instituto de Seguridade Portus é uma entidade fechada, criada em 1979 pela extinta Portobrás, que na época era responsável pela administração dos portos brasileiros. O Portus foi criado com o objetivo de proporcionar aos trabalhadores portuários um complemento aos benefícios previdenciários.

Os problemas do Portus tiveram início em 1990, com a extinção da Portobrás. A dívida ficou rolando por vários anos. Desde agosto de 2011, o Portus está sob intervenção federal (interventor é nomeado pela União para auditoria técnica na entidade) para corrigir e sanear o Fundo, garantindo a preservação dos direitos dos usuários. A intervenção tem prorrogação garantida até 4 de março de 2018.

Os sindicatos dos portuários, filiados à Federação Nacional dos Portuários (FNP-CNTTL), seguem na luta contra o descaso do governo para com o Instituto de Seguridade Social dos portuários.

Em todo o país, o Portus tem cerca de 10 mil participantes divididos em ativos (1.659), aposentados (4.884) e pensionistas (3.455).

 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: