Vitória (ES): Motoristas e cobradores na Santa Zita cruzam os braços

Trabalhadores protestam contra o descumprindo a CCT e por mais segurança

Por: Redação CNTTL com Agências
Publicação: 12/02/2019
Imagem de Vitória (ES): Motoristas e cobradores na Santa Zita cruzam os braços

oto: Ronaldo Rodrigues/ TV Gazeta

Motoristas e cobradores em Vitória, Espírito Santo, fecharam a garagem da empresa de ônibus Santa Zita, na madrugada desta terça-feira (12). A categoria pede o fim da jornada reduzida de trabalho e mais segurança para os trabalhadores rodoviários.

Segundo o Sindicato dos Rodoviários do Espírito Santo (Sindirodoviários), mais de 600 trabalhadores se reuniam em frente ao portão da garagem e cerca de 200 ônibus não saíram da garagem. O protesto começou por volta das 4h da manhã.

Os trabalhadores protestam porque a empresa está descumprindo a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) ao contratar profissionais em jornada de trabalho reduzida pagando metade do salário e metade do valor do tíquete.

"A convenção prevê uma jornada de 7 horas e 20 minutos. Com a contratação em jornada reduzida, que é de 5 horas, recebendo metade do salário, muitos rodoviários têm que trabalhar em dois horários, ultrapassando às 10 horas de trabalho por dia", explicou o presidente do Sindicato, José Carlos Sales ao G1.

Segurança

Ainda de acordo com o Sindicato, os trabalhadores pedem mais segurança para trabalhar. Na noite de segunda-feira (11), um cobrador foi agredido ao tentar impedir um passageiro de pular a roleta. O caso aconteceu na linha 945, em Viana.


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: