Lula dispara: "Aqueles que deram o golpe não fizeram isso para construir nada de novo, mas sim, para destruir o que fizemos"

Em encontro de trabalhadores da Educação, ex-presidente pediu para que se lute para garantir avanços e direitos adquiridos

Por: Lula.com
Publicação: 13/01/2017
Imagem de Lula dispara:

Foto: Filipe Araújo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteve na quinta-feira (12) no Congresso da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), em Brasília, e afirmou que o Golpe que foi aplicado no país para retirar Dilma Rousseff da Presidência da República teve como único objetivo cessar as conquistas sociais que foram alcançadas nos últimos 12 anos no país. 

"Aqueles que deram o golpe, não fizeram isso para construir nada de novo, deram o golpe para destruir o que fizemos", disse, referindo-se às conquistas sociais obtidas durante os governos de Lula e Dilma, como o aumento do salário mínimo, a ampliação do sistema público de ensino superior federal e o aprimoramento da qualidade de vida das classes desfavorecidas do Brasil.

Falando a uma plateia de mais de 2.000 educadores, o ex-presidente lembrou as ações realizadas durante seu governo e o de Dilma na área, como o estabelecimento do Piso Nacional da Educação, a inclusão do ensino de história africana no currículo escolar e a criação da Unilab (Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira). "Nós temos com a África uma dívida que não podemos pagar em dinheiro, mas podemos com solidariedade", afirmou. 

De acordo com o ex-presidente, todas as conquistas sociais obtidas nos últimos anos estão agora sob risco de desaparecerem. "Este país, infelizmente, vai retroceder com as mudanças no FIES (programa de financiamento de ensino superior), com as mudanças no Orçamento, com a reforma no ensino médio", alertou o ex-presidente.

"Durante 12 anos, o salário mínimo aumentou neste país, durante 12 anos a sociedade brasileira aprendeu a gostar dos direitos conquistados. Este país passou a ser reconhecido porque fizemos a maior transformação social já feita. E, então, eles deram o golpe."

Para Lula, o Brasil vive um momento em que a população deve lutar para evitar todo este retrocesso que se avizinha. "Nós precisamos voltar a criar emprego, garantir que as pessoas recebam para trabalhar, que a economia volte a funcionar. Vocês têm de passar para a História como a geração que impediu que esse país voltasse aos tempos em que o povo não tinha direito à educação."  

Por fim, o ex-presidente afirmou que a crise atual - que tentam imputar ao governo da presidenta eleita Dilma Rousseff - é fruto, na realidade, do boicote à sua administração que foi posto em prática desde o primeiro dia de seu segundo mandato presidencial. Por isso, Lula anunciou que, sendo necessário, não se furtará da missão de concorrer novamente ao cargo da Presidência da República. "Podem se preparar, eu vou voltar a viajar pelo Brasil para discutir com vocês o que precisamos fazer por este país. Porque o maior erro neste país é achar que dá pra governar sem contar com a participação da sociedade.

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: