#Greve Geral: Paralisação dos Rodoviários de Natal atinge 100% das garagens

Motoristas e cobradores se somam à luta contra o ataque aos direitos da classe trabalhadora anunciado por Temer

Por: Viviane Barbosa, Redação CNTTL
Publicação: 11/11/2016
Imagem de #Greve Geral: Paralisação dos Rodoviários de Natal atinge 100% das garagens

Rodoviários de Natal- RN

Motoristas e cobradores da cidade de Natal, no Rio Grande do Norte, aderiram ao Dia Nacional de Greve da CUT e centrais sindicais que acontece nesta sexta-feira (11) nas principais cidades do Brasil. 

O movimento é organizado pelo Sindicato dos Rodoviários de Natal  (Sintro/RN) que informa que as principais vias de acesso da cidade estão tomadas por trabalhadores.

Os rodoviários  se somam à luta contra o ataque aos direitos da classe trabalhadora e dos trabalhadores do setor de transporte, anunciado pelo governo ilegítimo de Michel Temer e por setores reacionários da Câmara dos Deputados. 

Algumas propostas em curso do atual governo consideradas prejudiciais são: a Reforma de Estado, que prevê redução dos investimentos em infraestrutura de transporte; bem como em áreas vitais como saúde e educação, além do Amplo Programa de Privatização, inclusive de estradas, portos, aeroportos e metro. 

Também são considerados retrocessos a Reforma da Previdência, que aumenta a idade para aposentadoria para 65 anos e também o tempo de contribuição para 50 anos, igualando homens e mulheres, urbanos e rurais, e a liberação da terceirização de todas as atividades essenciais da empresa, conhecidas como atividade-fim (hoje no Brasil é proibida por Lei), que coloca em risco todos os direitos trabalhistas conquistados na CLT, rasgando a carteira de trabalho. 

 

Greve transporte 

As greves na base da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte e Logística da CUT (CNTTL) são  parciais e acontecem a partir da meia noite de sexta-feira até o meio-dia. Estão programadas paralisações parciais e  respeitam a Lei de Greve o funcionamento de 30% de funcionamento, em razão que o transporte é um serviço essencial.

As paralisações acontecem nos nos modais rodoviário e de transporte urbano de passageiros em várias cidades do país, como Feira de Santana (BA), Salvador, Natal (RN), Maceió, Sorocaba (SP), Vale do Paraíba (SP) e Guarulhos (SP); e no modal metroviário em Belo Horizonte (MG). Em São Paulo, os metroviários farão panfletagens nas principais estações do metrô. 

Os demais modais se somarão às mobilizações de rua que estão programadas em todas as localidades. Em São Paulo,  a concentração será no Vão Livre do Masp, com passeata até a Praça da Sé, na região central. 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
WhatsApp Redação: (11) 96948-7446


Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
Modalcast https://spoti.fi/2YAFWKn #Episódio 4

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: