Aeronautas e aeroviários da FENTAC/CUT entregam pautas de reivindicações para empresas aéreas

No dia 21 de setembro, acontecerá lançamento oficial da Campanha no Aeroporto Internacional de Guarulhos

Por: Viviane Barbosa, da Redação CNTTL/CUT
Publicação: 15/09/2016
Imagem de Aeronautas e aeroviários da FENTAC/CUT entregam pautas de reivindicações para empresas aéreas

Entrega de Pauta FENTAC/CUT para as companhias aéreas - Fotos: Viviane Barbosa/Mídia Consulte

Dirigentes da FENTAC/CUT e dos sindicatos filiados dos aeronautas e dos aeroviários de Campinas, Recife, Guarulhos, Porto Alegre e do Sindicato Nacional dos Aeroviários entregaram na tarde desta quinta-feira (15) as pautas de reivindicações da Campanha Salarial 2016/2017 para o Sindicato Nacional das Empresas Aéreas (SNEA), que representa a LATAM, Azul, Gol e Avianca. 

A entrega aconteceu na sede da entidade patronal, no Ibirapuera em São Paulo, e também foi debatido o desfecho das negociações das Comissões Paritárias propostas pelo Tribunal Superior do Trabalho (abaixo).
A data-base das categorias é 1º de dezembro e estarão em Campanha cerca de 70 mil aeronautas e aeroviários da base da Federação no país.

Neste ano, a FENTAC e os sindicatos filiados reivindicam a reposição integral da inflação da data-base, 1º de dezembro, e mais 5% de ganho real (produtividade), a garantia do nível de emprego nas bases da FENTAC, bem como a manutenção dos direitos nas Convenções Coletivas de Trabalho e a ampliação e melhorias nos direitos econômicos e sociais. 

"Não vamos abrir mão da reposição da inflação. Sabemos das dificuldades, mas temos condições de avançar. O setor da aviação está demitindo muita gente, e os que ficaram estão produzindo muito mais e  ganhando um salário inferior e, portanto, têm  direito de receber pela riqueza que ajudaram a produzir ", frisa o presidente da FENTAC, o aeronauta, Sergio Dias.

O presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas, Rodrigo Spader, disse que a pauta dos tripulantes é robusta e bem fundamentada e reivindica que eles tenham melhorias nos direitos sociais, como por exemplos, no Passe Livre e no transporte da madrugada.

Já a dos aeroviários é justa, adequada e factível às necessidades dos trabalhadores em solo, destaca Rodrigo Maciel, presidente do Sindicato dos Aeroviários de Guarulhos e diretor da FENTAC. “Algumas melhorias são o direito a um auxílio maquiagem para as aeroviárias, já que as empresas exigem um padrão, e um auxílio creche para o aeroviário. Também aprovamos em assembleias que a Campanha tem que encerrar no mês da data-base, em dezembro. A demora do ano passado prejudicou os aeroviários e aeronautas que perderam meses de reajustes, sem a retroatividade", explica Maciel. 

Lançamento oficial no GRU Airport
No próximo dia 21, dirigentes da base da FENTAC e dos sindicatos filiados em todo o país farão o lançamento da Campanha Salarial 2016 no Aeroporto Internacional de Guarulhos, GRU Airport, e divulgarão o mote da Campanha, que tratará o tema “Segurança de Voo”. As negociações com as empresas aéreas devem iniciar no final deste mês.

Comissões Paritárias
As discussões sobre as Comissões Paritárias propostas pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST) na Campanha Salarial 2015/2016 dos aeronautas e aeroviários como forma de melhorar alguns direitos sociais das categorias nas Convenções Coletivas de Trabalho (CCT) estão chegando ao fim.

Em reunião com o SNEA nesta quinta-feira (15), os sindicatos apresentaram contrapropostas que tiveram uma boa receptividade por parte das empresas. “Nossas reivindicações não apresentam custos para as empresas e vão dar grande melhoria para os tripulantes na questão de descanso e nos deslocamentos”, diz o comandante Spader.

Com relação à pauta dos aeroviários, foi apresentada a contraproposta de fazer acordos individuais nas bases de GRU, Recife e POA sobre a escala 5X1, já as folgas agrupadas seriam intercaladas de forma agrupada no final de semana ou em dias normais. 

O SNEA se comprometeu em dar uma resposta até o dia 27 de setembro. Após a conclusão dos debates das Comissões, os sindicatos filiados vão ao TST para formalizar a inclusão destas melhorias nas CCTs das categorias. 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: