RJ: Portuários cobram de interventor solução definitiva do Portus

O Instituto de Previdência Complementar dos trabalhadores está sob intervenção federal desde agosto de 2011

Por: Da FNP
Publicação: 14/07/2016
Imagem de RJ: Portuários cobram de interventor solução definitiva do Portus

divulgação

A Federação Nacional dos Portuários (FNP) e a União Nacional dos Participantes e Assistidos no Portus  (Unapportus) se reuniram com o atual interventor do Instituto de Seguridade Social- Portus, o auditor fiscal do Tesouro Nacional, Luíz Gustavo da Cunha,  nesta quinta-feira (14) no Rio de Janeiro. Os trabalhadores cobraram do interventor estratégias para a recuperação definitiva do Instituto.

Além da FNP e Unapportus, participaram da reunião representantes Associação de Participantes e Assistidos de Santos e Rio de Janeiro e  Sindicatos dos Portuários do RJ e Sindicato Unificado da Orla Portuária do Espírito Santo (SUPORT ES). 

 Na reunião, o auditor fiscal, lotado na  Previc disse que está em processo de diálogo com o Ministério do Transporte e com a  área econômica do governo e busca alternativas para resolver a situação financeira do Portus. E também,  que os Programas  de Incentivo aos Desligamentos Voluntário em andamento nas Companhias Docas podem impactar nas reservas  financeiras do PORTUS e que do Total de R$ 333 milhões,  já foram aportados R$ 123 milhões.

 O Instituto de Previdência Complementar dos portuários está sob intervenção federal desde agosto de 2011. Ao promover a  intervenção o governo sempre deixou claro que era pra resolver a situação e restabelecer o equilíbrio financeiro do Instituto  e mesmo assim, cinco anos depois, a situação do Portus não foi resolvida.

 O presidente da Federação Nacional dos Portuários e vice-presidente da CNTTL, Eduardo Guterra, afirma que a reunião foi positiva já que houve o  compromisso do interventor em resolver o problema do Portus, entretanto, os trabalhadores devem permanecer  mobilizados. “É fundamental que nossas entidades mantenham as categorias informadas e mobilizadas, acompanhando  todas as informações e discussões sobre o rumo que o governo pode propor paras as  Companhias Docas e o nosso Plano de  Benefícios no PORTUS”, ressaltou o dirigente.

Os portuários estão preocupados, afinal, sempre escutam comentários de que o caixa do Fundo estaria quase zerado e que não haveriam mais recursos financeiros para arcar com a folha de pagamento dos participantes assistidos e pior, sob o risco iminente de que a qualquer momento o Instituto acabe em liquidação.


Sobre o Portus

O Portus denominado Instituto de Seguridade Social é uma entidade fechada de previdência complementar multipatrocinada e com multiplano, de direito privado e sem fins lucrativos, com autonomia administrativa e financeira, que tem por finalidade básica instituir e administrar planos de benefícios de caráter previdenciário. Atualmente, o Portus administra o Plano para os trabalhadores portuários. Possui participantes, assistidos e beneficiários distribuídos nas regiões de Norte a Sul. Ao todo são aproximadamente 27.400 segurados.

 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: