Brasília: Sem acordo, rodoviários decidem manter paralisação parcial

Caso não seja apresentada uma proposta das empresas, greve começa na quinta (30)

Por: Redação CNTTL com CUT/DF
Publicação: 27/06/2016
Imagem de Brasília: Sem acordo, rodoviários decidem manter paralisação parcial

Foto: divulgação

Os rodoviários de Brasília aprovaram em assembleia realizada no domingo (26), manter a paralisação de 40% dos ônibus que rodam nos horários de pico, no DF.  

A categoria está há mais de dois meses em Campanha Salarial e ainda sem nenhuma contraproposta patronal. Segundo o Sindicato dos Rodoviários do DF (Sittrater-DF), Caso não haja proposta do governo,  haverá paralisação geral na quinta-feira (30).

Os trabalhadores reivindicam 20% de reajuste salarial e nos benefícios como vale-alimentação e para o plano de saúde.

Na semana passada o Sindicato  se reuniu com representantes das empresas e do Governo do DF para discutirem a pauta da categoria. Entretanto, a reunião acabou sem nenhum avanço. “As empresas têm jogado a responsabilidade para o GDF por causa da falta de repasses das tarifas técnicas. Já o GDF confirma a falha do pagamento dos subsídios, mas não deu garantias de que o problema será resolvido”, conta o dirigente da entidade, Saul Araújo

De acordo com o Sindicato, a dívida do GDF com as empresas ultrapassa os R$ 170 milhões. Essa verba é referente à tarifa técnica, subsídio pago pelo GDF às empresas para custear parte da passagem de ônibus dos brasilenses no transporte público da cidade.  

 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: