Brasília: Comitê em Defesa da Democracia realizará Plenária de Mobilização na segunda (28)

Lançado na quinta-feira (24) é formado por sindicalistas cutistas e militantes de partidos de esquerda e dos movimentos sociais

Por: Redação CNTTL com CUT/DF
Publicação: 24/03/2016
Imagem de Brasília: Comitê em Defesa da Democracia realizará Plenária de Mobilização na segunda (28)

Ao microfone, Rodrigo Brito, e Jacy Afonso - foto: divulgação

Representantes dos mais de 100 sindicatos filiados à CUT Brasília, além de militantes e dirigentes do PT, PCdoB, da Une, da Central de Movimentos Populares e de inúmeras outras organizações sociais compareceram à inauguração do Comitê em Defesa da Democracia, que visa lutar  contra golpistas e fascistas que querem tomar o governo de forma ilegítima e implantar um governo que retira direitos dos trabalhadores e favorece apenas o capital.

O  lançamento do Comitê foi prestigiado com a presença do filho do ex-presidente Jango, deposto pela ditadura militar em 1964, João Vicente Goulart.  O militante social, que também teve parte de sua vida marcada pelo exílio, herança do regime militar no Brasil, atualmente preside o Instituto João Goulart e se manifesta publicamente em defesa do mandato popular e da continuidade do governo democrático. Para João Vicente, a situação atual do país remete claramente ao ano de 1964, quando Jango foi deposto por uma conspiração da direita e do capital internacional, que não aceitavam as reformas de base propostas pelo ex-presidente.

“Existe uma conspiração clara para tirar a presidenta Dilma do poder. Entendemos que o impeachment é constitucional, porém, deve haver um crime de responsabilidade no mandato atual do presidente. Não existe nenhuma prova de crime contra Dilma Rousseff, e temos assistido a uma ação combinada entre mídia, setores do judiciário e parlamento para afastar a presidenta e tomar o poder, tal qual em 1964. Sabemos que quando a democracia é desrespeitada a esse ponto, o que vem depois é sempre muito pior”, finalizou João Vicente Goulart.

Mobilização

Nesta segunda-feira (28), uma plenária de mobilização reunirá os membros do Comitê e novos participantes no Sindicato dos Bancários de Brasília a partir das 19h para debater as formas de atuação e as próximas mobilizações nacionais e regionais contra o golpe de Estado em andamento, explicitado pelo avanço do processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff na Câmara dos  Deputados.

“Por mais que a nossa Central sempre tenha sido um local de organização e enfrentamento contra esse golpe promovido pelas elites social e econômica, reafirmamos por meio deste Comitê a nossa disposição para a luta e o nosso compromisso com a sociedade brasileira e com a classe trabalhadora. Queremos ampliar esse espaço e esperamos que as pessoas tenham na CUT um espaço democrático de luta do povo brasileiro contra o golpe”, frisa o presidente da CUT Brasília, Rodrigo Britto.

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email:

Filiados