Campanha Salarial Aviação: Aeronautas e Aeroviários lutam por reajuste salarial de 12%

Proposta dos trabalhadores será apresentada às empresas aéreas na rodada de negociação do próximo dia 14

Por: Redação FENTAC/CUT
Publicação: 07/01/2016
Imagem de Campanha Salarial Aviação: Aeronautas e Aeroviários lutam por reajuste salarial de 12%

Assembleia da Campanha Salarial dos Aeroviários de Guarulhos - foto: Sindicato

Os aeronautas e aeroviários de Guarulhos, Porto Alegre, Recife, Campinas e das bases do Sindicato Nacional dos Aeroviários,  representados pela FENTAC/CUT, realizaram assembleias da Campanha Salarial nesta quinta-feira (7) em todo o País e definiram a contraproposta salarial que será apresentada às empresas aéreas no próximo dia 14.

As categorias  aprovaram o reajuste salarial de 12% (10,97% de reposição da inflação da data-base, 1º de dezembro, e 0,93% de aumento real), aumento de 15% nos pisos salariais e demais benefícios econômicos e 20% na cesta básica.

Por unanimidade, os trabalhadores rejeitaram a proposta das empresas, apresentada na última rodada em 17 de dezembro de 2015, que não contempla a reposição da inflação (10,97%), não tem ganho real e ainda impõe perdas no poder de compra dos trabalhadores. Até agora foram realizadas cinco rodadas de negociação, iniciadas em outubro de 2015, e as empresas  insistem no discurso do “reajuste salarial zero”.


As reivindicações serão apresentadas pela FENTAC e sindicatos filiados ao Sindicato Nacional das Empresas Aéreas (SNEA), na rodada de negociação da Campanha Salarial, no dia 14 de janeiro, que será na sede da entidade patronal, no Ibirapuera, em São Paulo.

Crescimento da aviação

Dados da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), divulgados no dia 31 de dezembro de 2015, mostram que o mercado da aviação brasileiro continua aquecido e que as empresas aéreas têm condições em avançar em uma proposta de reajuste salarial justa para os trabalhadores. Em 2014, 117 milhões de passageiros foram transportados, representando um acréscimo de mais de 68 milhões de passageiros nos últimos dez anos.

A demanda doméstica apresentou alta de 5,8% em 2014 na comparação com o mesmo período de 2013 e atingiu o seu maior nível nos últimos dez anos. Entre os anos de 2005 e 2014, em termos de passageiros-quilômetros pagos transportados (RPK), a demanda mais que duplicou neste período, com alta de 162,5% e crescimento médio de 11,3% ao ano.

O número representou mais de três vezes o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e mais de 12 vezes o da população.

Redução nos custos
O câmbio é considerado um vilão pelas empresas, no entanto, a indústria da aviação foi um dos setores mais beneficiados pela manutenção da valorização do real nos últimos anos, decorrente do gasto de recursos públicos pelo Banco Central. Um estudo divulgado pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) revela que as empresas tiveram uma redução nos custos de 28%.

“As empresas de aviação, desde 2014, se beneficiam da redução mundial do preço do barril de petróleo, que impacta diretamente os custos com QAV (combustível). No entanto, a partir da desvalorização cambial do real, as empresas decidiram penalizar os trabalhadores com demissões e redução salarial”, enfatiza o técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socieconômicos (Dieese) na FENTAC, Mahatma Ramos.

Para o presidente da FENTAC, Sergio Dias, diante dos avanços comprovados no setor, os aeronautas e aeroviários  devem ser  reconhecidos. “Não aceitaremos perdas salariais e tampouco demissões”, alerta.

Aeroviários aprovam “estado de greve”

Os aeroviários de Guarulhos, Campinas, Recife, Porto Alegre e das bases do Sindicato Nacional dos Aeroviários também aprovaram nas assembleias  “estado de greve” nos aeroportos de todo o Brasil, que tem a finalidade de pressionar as empresas a avançarem nas reivindicações dos trabalhadores.

Os aeronautas são solidários e poderão aprovar esse movimento na próxima semana.  

 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: