CNTTL/CUT orienta caminhoneiro a chamar a polícia rodoviária em bloqueios

Em entrevista à Agência Estado, Paulinho reafirmou a posição da Confederação contrária à manifestação

Por: Redação CNTTL com Agência Estado
Publicação: 10/11/2015
Imagem de CNTTL/CUT orienta caminhoneiro a chamar a polícia rodoviária em bloqueios

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente da CNTTL/CUT, Paulo João Eutasia, o Paulinho, afirmou, em entrevista à Agência Estado, na segunda-feira (9), que os caminhoneiros ligados à Confederação chamem a polícia rodoviária caso sejam impedidos de passar em bloqueios feitos por grevistas nas rodovias do País.

Na matéria, Paulinho reafirmou a posição da CNTTL contrária à greve realizada em várias estradas do País e classificou a manifestação como "política" onde a pauta é a "derrubada do governo", com a renúncia da presidente Dilma Rousseff.

Orientações

Segundo o sindicalista, a orientação é não forçar a passagem em bloqueios para não ter problemas com os bens materiais. “A saída é encostar o veículo e chamar o apoio da polícia rodoviária", afirmou Paulinho à Agência Estado.

Paulinho reforçou que enquanto a proposta desse movimento político é derrubar o governo, a dos caminhoneiros é discutir melhores condições de trabalho e salários, que já vem acontecendo nas reuniões do Fórum Permanente de Negociação entre o governo federal, a CNTTL/CUT e os caminhoneiros. 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: