Brasília: Sindicato dos Rodoviários debate situação dos cooperados com o governo nesta terça (7)

Assembleia com a categoria acontece no domingo (12)


Publicação: 06/07/2015
Imagem de Brasília: Sindicato dos Rodoviários debate situação dos cooperados com o governo nesta terça (7)

divulgação

Dirigentes do Sindicato dos Rodoviários do DF participam de reunião com representantes do governo de Brasília para tratar sobre a situação dos motoristas e cobradores trabalhadores de cooperativas nesta terça-feira (7).

De acordo com o Sindicato, na última reunião na sexta-feira (3) não houve avanço na negociação. O governo propôs reajuste de R$ 1,50 para R$ 2,00, não aceitos pelos trabalhadores. 

A categoria reivindica equiparação salarial com trabalhadores do transporte rodoviário convencional e jornada de trabalho de 6 horas corridas. A diferença entre os motoristas do sistema convencional, cujo piso é R$ 2.121,32, e do alternativo chega a 50%. Os cobradores recebem R$ 1.108,95 no sistema convencional e 25% a menos no alternativo.

O sindicato conseguiu, em 2014, acordo para a equiparação das condições de trabalho e salarial. Para que a equiparação ocorresse, ficou pendente que GDF homologasse a forma de tarifa das cooperativas, de R$ 1,50 – valor atual – para R$ 3,00. O governo deveria converter a forma de remuneração dos contratos destas para a mesma forma aplicada para as empresas de ônibus, a chamada tarifa técnica. Com a mudança de governo no início do ano, porém, as coisas não avançaram e os trabalhadores continuam prejudicados.

O presidente do Sindicato, Jorge Farias, explica que é injusta a diferenciação das condições dos funcionários das cooperativas e os rodoviários, todos frequentemente negligenciados pelas empresas e governo. “O sindicato não acha justo que os trabalhadores façam a mesma atividade, rodem nas mesmas linhas e não recebam o mesmo salário, nem tenham a mesma jornada de trabalho”.

Assembleia

O Sindicato fará assembleia com a categoria no domingo (12), às 9h, no estacionamento da entidade, para deliberar sobre os rumos que os trabalhadores vão seguir.

Redação CNTTL com CUT DF


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: