Mauá: Após promessa de pagamento aos companheiros demitidos, rodoviários encerram greve

A Viação Cidade de Mauá garantiu que pagará os direitos trabalhistas dos 140 ex-trabalhadores


Publicação: 29/08/2014
Imagem de Mauá: Após promessa de pagamento aos companheiros demitidos, rodoviários encerram greve

Foto: Sindicato

Os rodoviários de Mauá, ABC Paulista, decidiram, em assembleia na sede do  Sindicato dos Trabalhadores em Transporte (Sintetra/CUT),  em Santo André, na manhã desta sexta-feira (29), encerrar a greve do transporte coletivo.

A greve teve início no início da tarde de quinta-feira (28), quando os trabalhadores decidiram cruzar os braços após a viação Cidade de Mauá deixar de pagar a rescisão e direitos trabalhistas de alguns companheiros que haviam sido demitidos.

O empresário Baltazar José de Souza, responsável pela Viação Cidade de Mauá  garantiu pagar os direitos trabalhistas dos 140 ex-funcionários. Os ônibus voltaram a circular a partir do 12h.

 De acordo com o Sindicato, o empresário se comprometeu a iniciar as homologações de ao menos 50 ex-funcionários a partir das 14h desta sexta. As outras 79 serão realizadas na segunda-feira (01). O acordo foi firmado graças à intermediação da Prefeitura de Mauá que se reuniu com o empresário, grevistas e Sintetra durante a madrugada desta sexta.
 

Está é a segunda vez que os motoristas de Mauá entram em greve. No início de agosto, a categoria entrou em greve justamente pela falta de pagamento de R$ 2,8 milhões do passivo da Viação Cidade de Mauá. Na ocasião, a Prefeitura também intermediou as negociações e conseguiu com que o empresário Baltazar José de Souza se comprometesse com o pagamento dos direitos trabalhistas. E a garantia de que a empresa Suzantur contrataria os funcionários demitidos.

Entenda o caso

 Em novembro de 2013, decisão judicial declarou inidôneas a Viação Cidade de Mauá e a outra empresa que prestava serviços na cidade, a Leblon, por fraude no sistema de bilhetagem do transporte municipal. Por conta dessa decisão, a Prefeitura descredenciou as duas empresas, e contratou emergencialmente a Suzantur para prestar os serviços.

Neste mês de agosto foi concluído processo licitatório para escolher uma nova empresa concessionária, e a vencedora foi a Suzantur, que até dezembro deve assumir oficialmente o serviço, através de contrato com duração de 10 anos, renováveis por mais 10. 

Pelo novo contrato, a população ganhará um transporte e de qualidade. A nova concessionária terá que aumentar a frota de 210 para 250 ônibus, o que diminuirá o intervalo entre os veículos. Todos os ônibus serão zero quilômetro, com acessibilidade, GPS e câmeras, garantindo maior controle dos horários e segurança. Além disso, a empresa terá que instalar 300 novos abrigos de ônibus na cidade.

 Redação CNTT com ABCD Maior 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: