CNTTL repudia postura da CPTM e defende diálogo com Sindicato dos Ferroviários da Central do Brasil

A empresa iniciou negociação com o Sindicato Sorocabana, que não representa os trabalhadores das linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade que operam na capital paulista.

Por: Viviane Barbosa, da Redação da CNTTL
Publicação: 28/02/2023
Imagem de CNTTL repudia postura da CPTM e defende diálogo com Sindicato dos Ferroviários da Central do Brasil

card-nota

A CNTTL (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística) repudia a postura da atual diretoria da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), sob a gestão do governador Tarcísio de Freitas (Republicamos), que não atende as solicitações de negociação da Campanha Salarial feita pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Central do Brasil, filiado à CUT. 

Lamentavelmente, a Direção da CPTM iniciou negociação com o Sindicato Sorocabana das linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, que desde janeiro de 2022, passaram a ser operadas pela empresa Viamobilidade, cuja data-base é em janeiro.

Essa postura da Diretoria da CPTM é um desrespeito com o Sindicato dos Ferroviários da Central do Brasil, que representa os  trabalhadores nas linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade que operam na capital paulista.

O Sindicato da Central do Brasil reforça que os trabalhadores e trabalhadoras não se sentem representados pelo Sindicato Sorocabana e ninguém na empresa.

Em ofício enviado, no último dia 23 de fevereiro, ao Secretário de Transportes Metropolitanos, Antônio Assalve, o Sindicato questionou qual é o objetivo ou acordo firmado entre a CPTM e o Sindicato Sorocabana. 

“Já que a CPTM vem fomentando a invasão da base de representação do nosso Sindicato nas linhas 11, 12 e 13, fato que se configura em prática antissindical. Requeremos abertura de um canal de negociação com o Governo do Estado de SP”, cita trecho do documento do Sindicato.

Diante desses fatos, a CNTTL apoia o Sindicato da Central do Brasil e requer que a Secretaria de Transportes Metropolitanos, o governador do Estado e a CPTM ajam com respeito, transparência e atendam o pedido de abertura de um canal comunicação para tratar da Campanha Salarial dos trabalhadores, diálogo que sempre aconteceu em gestões anteriores.

Direção da CNTTL



Secretário Nacional de Comunicação da CNTTL: José Carlos da Fonseca - Gibran

Redação CNTTL
Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa: Viviane Barbosa MTB 28121
WhatsApp: 55 + (11) 9+6948-7450
Assessoria de Tecnologia da Informação e Website: Egberto Lima
E-mail: viviane@midiaconsulte.com
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl

Mídia

Filiados

Cobertura Especial

Canal CNTTL

+ Vídeos

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: