Após pressão dos sindicatos, vacinação dos trabalhadores rodoviários avança

Um levantamento preliminar mostra que 95% dos trabalhadores foram vacinados, já receberam a primeira dose do imunizante. 

Por: Viviane Barbosa, Redação CNTTL
Publicação: 27/06/2021
Imagem de Após pressão dos sindicatos, vacinação dos trabalhadores rodoviários avança

Motorista de Guarulhos recebe primeira dose da vacina contra COVID-19

A vacinação dos trabalhadores em transportes do modal rodoviário da base da CNTTL (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística) está avançando no país. Um levantamento preliminar mostra que 95% dos trabalhadores foram vacinados, já receberam a primeira dose do imunizante. 

Na base da CNTTL, os rodoviários de Natal (Rio Grande do Norte) e do Vale do Paraíba (SP) já começaram a ser vacinados na semana do dia 21 a 25 de junho.

No estado de São Paulo, motoristas, cobradores, agentes de bordo e demais trabalhadores dos setores de transportes das cidades de Sorocaba e Guarulhos já começaram a receber as primeiras doses  entre os dias 25 de maio e 31 de maio.

Segundo levantamento do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba, até o momento já foram vacinados os  trabalhadores e trabalhadoras do transporte coletivo das cidades de Salto de Pirapora, Itapeva e Itapetininga.

Também já foram vacinados os rodoviários de Feira de Santana (BA) e de Salvador. Os rodoviários capixabas receberam a primeira dose no dia 25 de maio, resultado da luta do Sindicato da categoria que realizou paralisações para sensibilizar o governo estadual da importância da vida dos trabalhadores. O governo estadual do Espírito Santo divulgou à imprensa local que  6.500 doses serão destinadas ao grupo, que é formado por mais 22 mil motoristas e cobradores. Só na Grande Vitória, são cerca de 12 mil.

O motoristas e os trabalhadores do transporte coletivo da cidade de Guarulhos (foto acima), em São Paulo, tomaram a primeira dose da vacina na última segunda-feira, dia 31 de maio, segundo o Sindicato dos Condutores de Guarulhos (Sincoverg). 

Outra boa notícia é que os rodoviários do Distrito Federal, depois de intensos protestos do Sindicato, foram serão vacinados contra a COVID-19 em 3 de junho.

Vacinação é resultado das lutas dos sindicatos da CNTTL

No estado de São Paulo, essa conquista da vacinação é resultado das exaustivas reuniões de negociação com Governo e da mobilização dos sindicatos filiados à CNTTL  que anunciaram uma Greve Sanitária de 24 horas – Lockdown -- no dia 20 de abril em defesa da Vida e Vacina para a categoria . 

A paralisação foi suspensa após o Secretário de Desenvolvimento Regional do Governo estadual de São Paulo, Marco Vinholi, assegurar a inclusão dos trabalhadores em transportes no calendário de vacinação.

"Vamos comemorar essa vitória na hora em que estivermos todos vacinados. Mais uma vez, essa iniciativa foi dos trabalhadores.  Muitos companheiros poderiam perder a vida ainda, como estamos perdendo, se fôssemos esperar a vontade de todos os governos. Do governo federal, por exemplo, um governo genocida, totalmente irresponsável e responsável pela maioria das mortes do povo brasileiro", destaca o presidente da CNTTL, Paulo João Estausia, Paulinho.

No estado de São Paulo, na base da CNTTL, serão contemplados com a vacinação os trabalhadores em transportes das cidades de Jundiaí,  Piracicaba, Bauru, Adamantina, Dracena e Limeira. 
 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: