Guardas portuários de Santos serão vacinados contra a Covid-19

Essa conquista só foi alcançada porque a categoria realizou  protesto em frente ao prédio da presidência da Autoridade Portuária e ingresso com uma ação na Justiça.

Por: Viviane Barbosa, Redação CNTTL
Publicação: 22/04/2021
Imagem de Guardas portuários de Santos serão vacinados contra a Covid-19

Guardas Portuários santistas - foto Sindaport

Mais uma categoria de trabalhadores em transportes será vacinada contra a COVID-19 no estado de São Paulo. Agora é a vez dos guardas portuários santistas. A informação é do  Sindaport (Sindaport Sindicato dos Trabalhadores Administrativos em Capatazia Serviços Portuários do Estado de S Paulo), filiado à CNTTL.

Essa conquista só foi alcançada porque a categoria realizou  protesto em frente ao prédio da presidência da Autoridade Portuária e ingresso com uma ação na Justiça. O Porto de Santos tem aproximadamente 300 guardas portuários e o Porto de São Sebastião 30 profissionais da categoria.

"A superintendência da GPort já foi notificada e na última sexta-feira (23) serão discutidos detalhes de como será a vacinação, como data e local. Estamos muito felizes. Valeu a união da categoria e a mobilização politica", ressalta o diretor do Sindicato, Edilson de Paula Machado. 

O SINDAPORT encaminhou ofícios para o Governo do Estado e Prefeitura de Santos, solicitando a inclusão dos guardas portuários na vacinação dos profissionais de segurança. Os deputados estaduais Tenente Coimbra e Paulo Corrêa Jr, a deputada federal Rosana Vale, e o vereador Benedito Furtado também atuaram ao lado da categoria.    

 Na base da CNTTL no estado de São Paulo, serão contemplados com a vacinação os trabalhadores em transportes das cidades de Sorocaba, Jundiaí, Vale do Paraíba, Guarulhos /Arujá, Piracicaba, Bauru, Adamantina, Dracena e Limeira. Também serão vacinados os motoristas de São Paulo e os trabalhadores em transportes pertencentes à base da Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de São Paulo (FTTRESP).

Em outras localidades do país, os trabalhadores em transportes continuam a luta, por meio de seus sindicatos, para também conquistarem esse direito à vacinação, porque é um setor essencial e o segundo mais exposto à contaminação do novo coronavírus.

 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: