Dia do Portuário tem debate sobre automação e plano de lutas em defesa dos trabalhadores

Presidentes das três federações que representam cerca de 50 mil portuários no País vão falar sobre o tema “Automação do trabalho portuário e o plano de luta em defesa do trabalhador” – encerrará as rodas de conversas que iniciaram no final do ano passado.

Por: Viviane Barbosa, Redação CNTTL com Cristiane Brandão, jornalista do Suport-ES
Publicação: 26/01/2021
Imagem de Dia do Portuário tem debate sobre automação e plano de lutas em defesa dos trabalhadores

card Suport-ES

O Suport-ES (Sindicato dos Portuários do Espírito Santo) promoverá no Dia do Portuário, celebrado na quinta-feira (28), mais um Ciclo de Debates com a categoria portuária capixaba. 

Presidentes das três federações que representam cerca de 50 mil portuários no País vão falar sobre o tema “Automação do trabalho portuário e o plano de luta em defesa do trabalhador” – encerrará as rodas de conversas que iniciaram no final do ano passado.

Os palestrantes são: Eduardo Lírio Guterra, presidente da Federação Nacional dos Portuários (FNP) e vice-presidente da CNTTL; José Adilson Pereira, presidente da Federação Nacional dos Estivadores (FNE) e Josué King, diretor da Federação Nacional dos Conferentes e Consertadores de Carga e Descarga, Vigias Portuários, Trabalhadores de Bloco, Arrumadores e Amarradores de Navios, nas Atividades Portuárias (FENCCOVIB).

Debates 
Os debates promovidos pelo Suport-ES iniciaram em 17 de novembro de 2020 e reuniram especialistas que abordaram temas de interesse da categoria portuária, tais como: a importância do porto público de Vitória, a desestatização da Codesa, automação x trabalhadores portuários, proposta de salvaguarda para os trabalhadores e agora o último irá abordar a automação, plano de luta e unidade portuária.

O único debate que foi cancelado foi com o presidente da Codesa, Julio Castiglioni, que avisou na véspera que não participaria.

“Apesar de estarmos atravessando uma crise na saúde mundial em virtude da Covid-19, nos vemos diante da necessidade de continuarmos a defender a classe a trabalhadora dos ataques do governo federal e de seguimentos do capital. Não podemos ficar inertes, precisamos propor e lutar”, destaca o presidente do Suport-ES,  Ernani Pereira Pinto.

 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: