Sindicato Nacional dos Aeroviários denuncia ao MPT empresas terceirizadas que tentam impor licença não remunerada

A direção do Sindicato orienta profissionais a não assinarem este acordo, considerado desumano pelos representantes da categoria.

Por: Claudia Fonseca/Agência Amora
Publicação: 25/03/2020
Imagem de Sindicato Nacional dos Aeroviários denuncia ao MPT empresas terceirizadas que tentam impor licença não remunerada

foto: SNA

O SNA (Sindicato Nacional dos Aeroviários) recebeu a denúncia de que empresas prestadoras de serviços coagem funcionários a assinarem Acordo Coletivo de Trabalho de licença não remunerada de 45 dias, sem receber qualquer tipo de auxílio. O prazo pode ser estendido até 90 dias, conforme desenvolvimento da pandemia do COVID-19.

A direção do Sindicato orienta profissionais a não assinarem este acordo, considerado desumano pelos representantes da categoria. Para Selma Balbino, diretora do SNA, as terceirizadas demonstram total falta de sensibilidade quando não oferecem nenhum tipo de auxílio aos funcionários que serão temporariamente dispensados de suas atividades laborais.

“Vamos tomar todas as medidas cabíveis junto ao MPT (Ministério Público do Trabalho) e a Secretaria de Relações dos Trabalho para denunciar empresas terceirizadas que insistem em uma licença não remunerada sem qualquer tipo de auxílio”, declara Selma. O setor jurídico do SNA já foi acionado para tomar as devidas medidas nas bases de representação desta entidade.

Licença não remunerada nas demais empresas

Empresas como Gol e Latam convocaram a direção do SNA para informar quais seriam as suas medidas durante a pandemia do novo coronavírus, sem brecha para acordo. Ainda assim, a direção sindical questionou a possibilidade de licença sem nenhum auxílio e garantiu alguns direitos para a categoria.

As datas de assembleias deliberativas serão informadas em nossos canais, assim que forem definidas pela direção do sindical. Profissionais que tiverem dúvidas devem acionar os representantes de suas bases ou enviar e-mail para o endereço atendimento@sna.org.br. Outros contatos estão disponível no link Subsedes do SNA.

Crítica ao Simarj

A direção do SNA lamenta outra denúncia. Segundo profissionais da aviação do Rio de Janeiro, o Simarj (Sindicato Municipal do Rio de Janeiro) não oferece qualquer tipo de suporte à categoria, durante delicada situação econômica causada pela pandemia do COVID-19.

De acordo com declarações dos profissionais da base, a sensação é de total abandono. Esta direção espera que o Sindicato Municipal tenha consciência de seu papel social e se manifeste na defesa dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras.

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email:

Filiados