Nova Direção do Sindicato Nacional dos Aeroportuários é eleita com 93% dos votos

"A evolução tecnológica vai nos trazer muitos desafios, entre eles, destaco a preservação dos postos de trabalho", frisa Lemos, reeleito presidente da entidade

Por: Viviane Barbosa, da Redação CNTTL/CUT
Publicação: 25/05/2017 às 10:23 - Atualização: 31/05/2017 às 10:35
Imagem de Nova Direção do Sindicato Nacional dos Aeroportuários é eleita com 93% dos votos

Aeroportuário que trabalha no pátio no Aeroporto de Recife vota na Chapa 1 - foto: Sina

Os aeroportuários  (funcionários na Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária e nas concessionárias privadas) associados de 44 regiões do país foram às urnas nos dias 9, 10, 11 e 12 de maio e elegeram a Chapa 1 e única que conduzirá o Sindicato Nacional da categoria, o SINA.

Segundo a Comissão Eleitoral, na apuração total dos votos, realizada na quarta-feira (24), foram contabilizados 2.998 votos normais, sendo 457 votos em separado e destes 199 votos válidos, que totalizaram: 3.197 votos.

A Chapa 1 venceu com grande maioria: 2.981 votos (93,24%). Os votos brancos somaram 143 e os nulos 74. O aeroportuário, Francisco Luiz Xavier de Lemos, foi reeleito para o cargo de presidente da entidade.


Francisco Lemos, presidente reeleito - foto: Dino Santos

Em entrevista ao Portal da CNTTL, Lemos conta que os principais desafios da nova Direção do Sina são: manter os direitos dos trabalhadores, parar com essa entrega do patrimônio público, que são as concessões de terminais a preço de banana para iniciativa privada e grupos internacionais (neste ano o governo Temer privatizou os aeroportos de Fortaleza, Salvador, Florianópolis e Porto Alegre) e a luta pela geração de mais empregos, desde que tenham dignidade. "A evolução tecnológica vai nos trazer muitos desafios, entre eles, destaco o mais importante: a preservação dos postos de trabalho", frisa.

Renovação

Cerca de 200 aeroportuários de várias localidades do país farão parte da nova diretoria do Sina, fortalecendo a representação sindical no local de trabalho. O mandato da nova Direção abrange o período de 2018 a 2023. O Sina representa 12 mil aeroportuários na Infraero e cinco mil nas concessionárias privadas, totalizando 17 mil trabalhadores.

A Direção da CNTTL/CUT parabeniza o companheiro Lemos e toda sua diretoria pela grande vitória, que simboliza o reconhecimento e a confiança da categoria aeroportuária, e deseja que o Sina continue a luta em defesa dos direitos da categoria aeroportuária.

 

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: