IBGE: Setor dos transporte tem o pior resultado desde 1996

PIB brasileiro recuou 3,6% em 2016, o que representa a pior recessão da história

Por: Redação CNTTL com agências
Publicação: 13/03/2017
Imagem de IBGE: Setor dos transporte tem o pior resultado desde 1996

divulgação

Os golpistas jogaram o Brasil na pior recessão econômica de sua história. O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro caiu pelo segundo ano seguido em 2016, conforme  pesquisa do IBGE, divulgada no  último dia 7 de março.

A retração foi de 3,6% em relação ao ano anterior. Entre os fatores que contribuíram para o mau desempenho, está a queda nos serviços de transporte, armazenagem e correios, que acumularam perdas de 7,1% em 2016, o pior resultado desde 1996. 

Já em 2015,  a  economia já havia recuado 3,8%. Essa sequência, de dois anos seguidos de baixa, só foi verificada no Brasil nos anos de 1930 e 1931, quando os recuos foram de 2,1% e 3,3%, respectivamente.

Pior resultado

Segundo levantamento, a  área de transporte e logística foi a mais afetada pelo desempenho dos demais setores da economia, que apresentaram resultados negativos no último ano.

Além disso, o aumento do desemprego (11,9%) reduziu o número de viagens diárias no percurso casa-trabalho-casa, diminuindo a geração de receita das empresas de transporte urbano de passageiros. 

O segmento apresentou o pior resultado em 2016. A queda de receita, aliada ao baixo incentivo à realização de investimentos, obrigou os transportadores a adiar mais seus aportes, o que teve efeitos diretos nas indústrias de veículos, peças, acessórios e combustíveis. 

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email:

Filiados