Ato “Por Todas Elas” reúne 30 mil mulheres na Paulista

A manifestação contra a violência de gênero ganhou força após o estupro de uma adolescente de 16 anos

Por: Redação CNTTL com Agência PT
Publicação: 02/06/2016
Imagem de Ato “Por Todas Elas” reúne  30 mil mulheres na Paulista

divulgação

Mais de 30 mil mulheres foram na noite de quarta (1º) à Avenida Paulista, em São Paulo, no ato “Por Todas Elas”contra violência doméstica, agressão nas ruas, discriminação no mercado de trabalho, exclusão da política e abuso sexual.

A manifestação contra a violência de gênero ganhou força após o estupro de uma adolescente de 16 anos por 33 homens no Rio de Janeiro. A divulgação do vídeo e a falta de apoio à vítima, que tem sido desacreditada, tornaram o crime ainda mais grave, afirmaram as participantes. Reforçaram que este foi um caso condenável, mas agressões a mulheres acontecem diariamente e não são recentes.

A concentração começou 16h horas no Museu de Arte de São Paulo (MASP) e, às 18h, ocupou a avenida. Por volta das 18h30, “Todas por elas” cruzou com a ocupação do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) no prédio da Presidência da República em São Paulo. Juntas e cercadas por tropas da Polícia Militar (PM), as duas manifestações gritavam “Nem recatada, nem do lar, a mulherada está na rua pra lutar”.

Havia também mães com crianças no colo, o que tem se tornado uma marca como “abre-alas” dos protestos feministas. Muitos cartazes diziam: “Temer jamais”; “Estupradores não são doentes são filhos saudáveis do patriarcado”; “Andar em público não torna meu corpo público”; “Não é minha roupa, nem seu ‘instinto’ é o seu machismo”; “Mexeu com uma mexeu com todas”.

O protesto foi também contra a falta de mulheres no primeiro escalão nomeado por Michel Temer após o golpe contra Dilma Rousseff, a primeira mulher eleita presidenta do país, além da escolha de Fátima Pelaes para a Secretaria de Mulheres, pois ela é conhecida por sua posição contra em casos de estupro, como prevê a lei brasileira. A marcha desceu a rua Augusta e foi até a Praça Roosevelt.

 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: