IBGE: Com Lula e Dilma, pobreza extrema na população negra caiu 72%

Na parcela da população inserida na faixa de pobreza, a queda teve quase a mesma força: 71%

Por: Com Agência PT
Publicação: 08/04/2016
Imagem de IBGE: Com Lula e Dilma, pobreza extrema na população negra caiu 72%

divulgação

Entre 2003 e 2014, a redução da extrema pobreza entre a população negra foi de quase 72%. É o que apontam os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2014, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na parcela da população inserida na faixa de pobreza, a queda teve quase a mesma força: 71%.

Em 2003, 13 em cada 100 negros viviam em condições de extrema pobreza. De lá para cá, a trajetória foi de queda, indo para 10,8%, em 2004; 6%, em 2008; 4,4%, em 2012; até alcançar 3,6%, em 2014. Da mesma forma, caiu a taxa de pobreza da população negra, de 34,2%, em 2004, para 18,8%, em 2008; 11,6%, em 2012, chegando a 9,9%, em 2014.

Além da redução da pobreza, houve outros avanços para a população negra brasileira nestes 13 anos de políticas públicas de promoção da igualdade racial, implementadas pelos governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidenta Dilma Rousseff. A ampliação do acesso à universidade e ao mercado de trabalho, e o reforço a mecanismos de denúncia do racismo são alguns desses avanços.

 

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: