#LulaValeALuta: Sindicalistas de todo o mundo participam de campanha de apoio a Lula

É senso comum que o ex-presidente está sendo vítima de uma campanha de difamação, com acusações de corrupção, sem nenhuma prova

Por: Da CUT
Publicação: 10/03/2016
Imagem de #LulaValeALuta: Sindicalistas de todo o mundo participam de campanha de apoio a Lula

divulgação

Sindicalistas de todo o mundo estão aderindo à campanha internacional em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançada pela CUT- Central Única dos Trabalhadores e pela CSI – Central Sindical Internacional.

É senso comum que Lula está sendo vítima de uma campanha de difamação, com acusações de corrupção, sem nenhuma prova, única e exclusivamente para inviabilizar sua candidatura em 2018 e interromper o projeto democrático-popular iniciado em 2003 no Brasil.

Além de assinar o manifesto abaixo, os dirigentes estão enviando vídeos em apoio ao ex-presidente Lula, como vocês poderão ver nas páginas do Facebook (Lulavalealuta ) e no Twitter. Em anexo, o vídeo de apoio gravado pelo Presidente do United Steelworkers, Leo Gerard – é o maior sindicato industrial da América do Norte, tem 1,2 milhões de membros e aposentados nos Estados Unidos, Canadá e Caribe., de quase todos os setores da economia. 

M A N I F E S T O

EM DEFESA DE LULA, SÍMBOLO DE LUTA E DE INCLUSÃO SOCIAL

Desde o início da trajetória contra a ditadura militar nos finais dos anos 1970 e pela redemocratização do Brasil, o nome de Luiz Inácio Lula da Silva converteu-se em exemplo de determinação, em símbolo de luta e de justiça para a classe trabalhadora e, sobretudo, para os mais pobres.

Seja no comando das greves históricas, que abalaram os alicerces do regime militar ou no enfrentamento às perseguições e abusos de sua polícia, Lula demonstrou sempre discernimento e serenidade para seguir adiante, impulsionando o melhor de cada um e de todos para a construção de um novo tempo, contribuindo muito na fundação da CUT, do PT e na luta pelas liberdades democráticas.

Os anos se passaram e o líder metalúrgico virou presidente da República, realizando dois governos considerados por todos marcos históricos de crescimento econômico, com valorização do trabalho e distribuição de renda.

Avançando aceleradamente nas melhorias sociais, o PIB brasileiro virou o sétimo do mundo. O aumento real do salário mínimo no governo Lula foi de 53,6%, quando foram gerados mais de 15 milhões de novos empregos formais e retirados 40 milhões de brasileiros da miséria.

Durante seu governo, mais de seis milhões de empregadas domésticas - historicamente marginalizadas em nossa sociedade - passaram a ter seus direitos reconhecidos.

Com determinação, Lula investiu na integração latino-americana, no estreitamento de laços com os países africanos e na consolidação de relações internacionais mais equitativas, acolhendo de braços abertos os refugiados, fortalecendo a autodeterminação dos povos, efetivando relações sem mandonismo nem subserviência, segurando firme a bandeira do entendimento e da coexistência pacífica em um mundo em guerra.

Frente a estes fatos, denunciamos a sórdida e leviana campanha movida por setores conservadores que utilizam o Judiciário e a mídia para perseguir o ex-presidente e sua família. Os mesmos que apoiaram a ditadura e toda sorte de desgovernos contra a soberania e a democracia, são agora os que querem macular sua relevante figura para inviabilizar sua presença no cenário político nacional e implantar o retrocesso neoliberal, privatista e excludente.

Por termos confiança na exemplar trajetória de Lula e por sabermos que seus bens são completamente compatíveis com os seus rendimentos, levantamos nossa voz para que os golpistas nunca mais tenham vez.

  1. João Antonio Felício - Presidente da CSI
  2. Sharan Burrow - Secretária Geral da CSI
  3. Hassan Yussuff - Presidente da CSA
  4. Victor Báez - Secretário Geral da CSA
  5. Rafael Freire - Secretário de Política Econômica e Desenvolvimento Sustentável da CSA
  6. Vagner Freitas - Presidente da CUT Brasil
  7. Carmen Helena Ferreira Foro – Vice-Presidente da CUT Brasil
  8. Sergio Nobre – Secretário-Geral da CUT Brasil
  9. Antonio de Lisboa - Secretário de Relações Internacionais da CUT Brasil
  10. Ariovaldo de Camargo - Secretário Adjunto de Relações Internacionais da CUT Brasil
  11. Juruna Carlos Gonçalves – Secretário-Geral da Força Sindical
  12. Cathy Feingold - Secretária de Relações Internacionais da AFL-CIO
  13. Hugo Yasky - Secretário Geral da CTA Argentina
  14. Roberto Baradel - Secretário de Relações Internacionais da CTA Argentina
  15. Fito Aguirre - Secretário de Relações Internacionais da CTA Autônoma
  16. Gerardo Martinez – Secretário de Relações Internacionais da CGT Argentina
  17. Antonio Jara – Secretário-Geral da Coordenadora de Centrais Sindicais do Cone Sul – CCSCS
  18. Antonio Caló – Secretário-General, Unión Obrera Metalúrgica de la Republica Argentina
  19. Francisco Gutierrez- Sec. Gral UOM Quilmes. Sec. RRII UOM, República Argentina.
  20. Abel Francisco Furlan – Diputado Nacional; Secretario General UOM Campana
  21. Osvaldo Lobato – Secretário General, UOM San Martín, Argentina
  22. Roberto Baradel - Secretário de Relações Internacionais da CTA Argentina
  23. Fito Aguirre - Secretário de Relações Internacionais da CTA Autônoma
  24. Antonio Jara – Secretário Geral da Coordenadora de Centrais Sindicais do Cone Sul – CCSCS
  25. Pablo Micheli - Secretário Geral da CTA Autônoma
  26. Frances O'Grady, General Secretary of the Trades Union Congress (Great Britain)
  27. Jocelio H Drummond - Secretario Regional / Regional Secretary – ISP
  28. Jan Willem Goudriaan - General Secretary - European Federation of Public Services Unions (EPSU ) - Federacion Sindical Europea de Servicios Publicos (FSESP)
  29. Nicolò Giangrande - Representante internacional dos Alumni e Estudantes da GLU
  30. RAFAEL ABREU - Presidente de CNUS.
  31. Julio Salazar, Secretario General de USO y Presidente de SOTERMUN
  32. Javier de Vicente, Secretario de Accion Internacional de USO y Vice-presidente Primero de SOTERMUN
  33. Juan Mendoza - Director ISCOD-UGT/ESPAÑA
  34. Mujica y con la dirección del PIT CNT y el Frente Amplio
  35. Rita de Cássia Arruda Fajardo - professora do Instituto Federal de São Paulo  (IFSP) - campus São Carlos
  36. Paulo Dias - MNCCD - Movimento Nacional Contra Corrupção e pela Democracia
  37. Julio Pegna - Salvador, BA/Empresário
  38. Ruben Cortina, Presidente de UNI Américas 
  39. Javier de Vicente Tejada, Secretário de Acción Internacional Unión Sindical Obrera

 

 

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: