SP: Metrô volta a demitir trabalhadores readmitidos após liminar

As redemissões acontecem na quarta-feira (22)


Publicação: 27/10/2014
Imagem de SP: Metrô volta a demitir trabalhadores readmitidos após liminar

Foto: divulgação

O Metrô de São Paulo voltou a redemitir trabalhadores que haviam sido dispensados após a greve da categoria, entre 5 e 9 de junho, mas que foram reincorporados graças a uma liminar da 34ª Vara do Trabalho de São Paulo. As demissões aconteceram na quarta-feira (22).

As "redemissões" se respaldam em decisão emitida em 7 de outubro pela desembargadora Iara Ramires da Silva de Castro, do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2), anulando as recontratações então concedidas pelo juiz de primeira instância Thiago Melosi Sória, que está em férias. A palavra final sobre as liminares será proferida por um colegiado de dez desembargadores em sessão ainda sem data para ocorrer.

Ao analisar as “provas” apresentadas pelo Metrô para sustentar as demissões, o mesmo magistrado havia ordenado a reintegração de outros 23 trabalhadores em 30 de setembro, elevando para 35 o número de funcionários readmitidos após a campanha salarial – dois voltaram após terem sido punido por engano e 33, por intervenção da Justiça.

 No total, foram 42 demissões ordenadas diretamente pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) como “lição” aos grevistas. Os desligamentos ocorreram assim que o mesmo TRT-2 julgou a greve dos metroviários como “ilegal e abusiva”.

 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: