Sindicato dos Aeronautas cobrará R$ 100 milhões da Gol

A conta considera o pagamento retroativo dos últimos cinco anos a 5 mil pilotos e comissários


Publicação: 08/09/2014
Imagem de Sindicato dos Aeronautas cobrará R$ 100 milhões da Gol

Foto: divulgação

O Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), a pedido dos trabalhadores na Gol, deve entrar esta semana com uma ação coletiva contra o modelo de remuneração da companhia aérea.

A conta é estimada em de R$ 80 milhões a R$ 100 milhões, considerando o pagamento retroativo dos últimos cinco anos a 5.000 pilotos e comissários. Há ainda a conta futura, com a inclusão do item na folha de pagamentos.

Salário variável

A disputa é relativa ao "descanso semanal remunerado": segundo os trabalhadores, a companhia aérea não paga o descanso remunerado na parte variável do salário.

O salário dos aeronautas é dividido em um valor fixo e em um variável, que depende das horas efetivamente voadas. Na remuneração fixa são considerados os 30 dias, mas na variável, apenas 22.

Os trabalhadores cobram o pagamento da parcela variável proporcional aos oito dias de descanso. Diante do fracasso das negociações com a Gol, os trabalhadores decidiram por unanimidade, em assembleia realizada no dia 7 de agosto, entrar com a ação judicial.

Redação CNTT com Folha de S. Paulo 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: