CNTTL pede às entidades filiadas que assinem abaixo-assinado em apoio aos metroviários de São Paulo

Em uma atitude antidemocrática, o governador Dória e o Metrô querem leiloar o terreno que abriga a sede do Sindicato, que funciona no local há 30 anos.

Por: Viviane Barbosa, Redação CNTTL
Publicação: 17/06/2021
Imagem de CNTTL pede às entidades filiadas que assinem abaixo-assinado em apoio aos metroviários de São Paulo

Faixa do Sindicato dos Metroviários de São Paulo

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística (CNTTL) manifesta solidariedade e apoio aos metroviários de São Paulo, que estão enfrentando ataques autoritários, antissindicais e arbitrários do governo do estado de São Paulo, João Dória (PSDB).

O mais recente trata-se da decisão do governo estadual e da direção do Metrô em interromper o contrato de concessão da área vigente de 30 anos, onde está a sede Sindicato, localizada no bairro do Tatuapé, na zona leste da capital de São Paulo.

De forma desumana e sem discutir com a Direção do Sindicato dos Metroviários, o governo Dória informou aviso de “despejo” durante a campanha salarial dos trabalhadores. O prazo atual do contrato vence somente em outubro deste ano.

O terreno onde foi construída a sede foi cedido em regime de comodato há mais de 30 anos, e agora o governo do Estado pretende leiloar o local.

Para CNTTL, há fortes indícios por parte do governo Dória de motivação política nesta iniciativa, que é lamentável.

Essa ação do governo estadual visa intimidar a categoria que ao logo de todos esses anos nunca esmoreceu em organizar e mobilizar os trabalhadores para as lutas contra as terceirizações/privatizações e em defesa de seus direitos, salários, condições de trabalho e da prestação do serviço público do transporte metroviário. .

A Confederação apoia à luta dos metroviários de São Paulo e pede às entidades filiadas que assinem o abaixo-assinado (https://abaixoassinado.metroviarios-sp.org.br/) para garantir a manutenção da sede do sindicato, que é patrimônio dos trabalhadores e trabalhadoras do Metrô.

A CNTTL também pede ao governador e à direção do Metrô que tenham bom senso e abram um canal de negociação com o Sindicato para que haja a doação em definitivo do terreno, recuando desta atitude absolutamente antidemocrática.

Todo apoio à luta dos metroviários de São Paulo!

Estamos do seu lado!

Direção da CNTTL  


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
E-mail: jornalismo@midiaconsulte.com.br



Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
 

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: