Rodoviários de Sorocaba iniciam luta para impedir demissão em massa no transporte urbano

Após três dias em operação, os trabalhadores identificaram graves problemas para a operação do BRT e de condições de trabalho.

Por: Viviane Barbosa, da Redação da CNTTL
Publicação: 01/10/2020
Imagem de Rodoviários de Sorocaba iniciam luta para impedir demissão em massa no transporte urbano

A diretoria do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região irá realizar uma reunião no final da tarde de quinta-feira (02) com os responsáveis pela Concessionária BRT Sorocaba para resolver os problemas surgidos no início da operação do sistema de ônibus rápido em Sorocaba.

“Assim como os usuários estão identificando diversos problemas, os trabalhadores no sistema também sofrem com questões que não deveriam acontecer e que colocam todos em risco. Problemas no projeto do BRT, que poderiam ter sido evitados se não fosse a pressa em colocar parte do sistema em funcionamento por causa da proximidade das eleições municipais”, explica o presidente interino do Sindicato dos Rodoviários Adalberto de Souza Carvalho, Dadá.

Após três dias em operação, os trabalhadores identificaram graves problemas para a operação do BRT e de condições de trabalho.

No que se refere às condições de trabalho, fica evidente que o projeto do BRT não se preocupou com os trabalhadores que colocam o sistema para funcionar. Auxiliares de tráfego precisam ficar nas estações durante todo o dia para orientar e auxiliar nas catracas e manter o local limpo, porém não existem banheiros nas estações, nem bebedouros de água potável e sistema de circulação de ar.

No Terminal Vitória Régia não tem estrutura mínima, como mesa e cadeira, para as funções de fiscalização realizarem seu trabalho. Hoje os trabalhadores são obrigados a preencher em pé fichas de chegada e saída dos ônibus e dos trabalhadores, registro de incidentes e outras questões burocráticas.

A operadora do BRT ainda não colocou o número de trabalhadores necessários para a venda de bilhetes no Terminal Vitória Régia, assim como não adequou espaço de estacionamento para a categoria.

Um problema muito grave sobre condições de trabalho é o sistema dos ônibus que impede o motorista de abrir a porta dianteira enquanto as portas dos passageiros estiverem abertas. Na prática, esse “sistema de segurança” impede que o motorista desça nos terminais para ir ao banheiro ou beber água, enquanto os passageiros embarcam. E, mais grave, se ocorrer um acidente, o motorista fica preso enquanto a porta dos passageiros estiver aberta.

Em relação à operação, os motoristas estão com dificuldade para acompanhar o embarque e o desembarque dos passageiros nos ônibus porque foram colocados televisores nas portas em locais que dificultam a visão do motorista pelo espelho retrovisor interno (prato, na linguagem da categoria), o que pode ocasionar algum acidente com os usuários.

A sinalização para parada dos ônibus nas portas das estações é outra falha. Foi colocada uma fita simples como sinalização. Os motoristas precisam de uma referência mais adequada, que seja refletiva, para poder cumprir corretamente com o seu trabalho. O Terminal Vitória Régia também está sem sinalização de limitador para a manobra de ônibus, o que é perigoso.

Outro grave problema na operação é em relação aos horários exigidos para cumprimento de cada viagem que são incompatíveis com o trajeto, pois as faixas para o BRT são muito estreitas e os semáforos ainda não estão sincronizados, como anunciado.

“As faixas estreitas já ocasionaram acidentes e a preocupação do Sindicato dos Rodoviários é com a responsabilização dos motoristas por mais um erro de engenharia do projeto. Não iremos aceitar um absurdo desse tipo”, afirma Dadá.

 


Redação CNTTL

Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação &Marketing 

Editora e Assessora de Imprensa:Viviane Barbosa MTB - 28121 
WhatsApp Redação: (11) 96948-7446


Siga a CNTTL nas redes sociais:
www.facebook.com/cnttloficial
www.twitter.com/cnttloficial
www.youtube.com/cnttl
Modalcast https://spoti.fi/2YAFWKn #Episódio 4

Mídia

Filiados

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: