Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes

DataFolha: Lula vence as pesquisas para 2018 em todos os cenários

Ex-presidente cresce ininterruptamente desde a pesquisa do instituto de novembro de 2015

Por: VioMundo
Publicação: 03/10/2017
Imagem de DataFolha: Lula vence as pesquisas para 2018 em todos os cenários

Ricardo Stuckert / Instituto Lula

Os números da pesquisa Datafolha de setembro mostram que a curva do ex-presidente Lula continua a crescer. Bate, agora, em 35%

Ela cresce ininterruptamente desde a pesquisa do instituto de novembro de 2015.

O tempo passou, Lula foi condenado pelo juiz Sergio Moro, tornou-se réu em sete processos e foi delatado por um homem de confiança, o ex-ministro Antonio Palocci.

Em abril deste ano, em projeção do segundo turno, a ex-ministra Marina Silva, intocada pela Lava Jato, batia Lula por 41% a 38%. Agora, Lula vence fora da margem de erro de 2 pontos percentuais: 44% a 36%.

Lula virou sobre Marina Silva! Como explicar este fenômeno?

Em primeiro lugar, a desesperança. De acordo com a série histórica da pesquisa CNI/Ibope, divulgada no dia 27, o número daqueles que consideram o governo Temer ruim ou péssimo saltou de 55% para 70%.

Outros dados:

Para 65% dos entrevistados, o restante do governo será ruim ou péssimo, para 22% será regular e para 9% será ótimo ou bom. Para 52% dos entrevistados, o governo Temer está sendo pior que o governo da presidente Dilma Rousseff. Em março, esse índice era de 41%. Já 11% acham que o governo Temer está sendo melhor e 35% consideram igual ao governo Dilma.

Acrescentem a isso o fato de que a mídia propagou uma recuperação econômica inexistente, ou pelo menos tão tênue que não mudou em nada a vida do grosso da população.

Marcos Coimbra, na edição desta semana de CartaCapital, põe o dedo na ferida:

“O retrato do Brasil que emerge das pesquisas quantitativas é ruim. Mas o que vem das pesquisas qualitativas é pior. Pelo que vemos através delas, a alma brasileira nunca esteve em momento mais negativo”, escreve Coimbra, afirmando em seguida que isso é mais agudo entre os mais pobres.

Sobre Lula: “De Sul a Norte, as pessoas do povo são unânimes ao dizer que ‘as coisas estavam melhor quando Lula era presidente’. Simpatizantes ou não do ex-presidente e do PT, todos concordam que havia emprego, o País crescia, existiam muitos e bons programas sociais. Comparado com os dias atuais, era outro Brasil”.

Segue Coimbra: “A narrativa que recebem da mídia corporativa, dos políticos conservadores e, muito especialmente, dos juizes e promotores de direita, de que ‘tudo era ilusão’, não as convence. Para elas, muito mais ilusória é a história que ouvem agora”.

O que nos leva ao segundo ponto importante sobre os números mais recentes: na pesquisa de abril, o juiz Sergio Moro batia Lula num projetado segundo turno por 42% a 40%.

Agora, Lula tem 44% e Moro 42%.

 

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: