Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes

Aeroportuários na Infraero e Concessionárias aprovam pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2017

Categoria luta por reajuste salarial de 7% mais ganho real

Por: Redação CNTTL com Sina
Publicação: 12/05/2017
Imagem de Aeroportuários na Infraero e Concessionárias aprovam pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2017

Foto: Sina

Os aeroportuários que trabalham na Empresa Brasileira  de  Infraestrutura  Aeroportuária  (Infraero) e nas concessionárias GRU Airport (São Paulo), Viracopos (Campinas), Inframérica (Brasília), São Gonçalo do Amarante, Galeão (Rio) e Confins (em Belo Horizonte) aprovaram em assembleias realizadas ao longo do mês de abril a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2017. A informação é do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina).

Segundo o Sindicato, nesta Campanha os trabalhadores lutam por 7% de reajuste salarial – a título de reposição da inflação com ganho real nos salários e benefícios. A projeção da inflação calculada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medido pelo IBGE, que serve como parâmetro na negociação do Sina, para o período da data-base da categoria, ou seja, entre o 1º de maio de 2016 e 30 de abril de 2017 é de mais de 4%.

Neste ano, nas concessionárias serão negociadas somente as cláusulas econômicas. Já na Infraero, todo o acordo será negociado, incluindo as cláusulas sociais. As negociações com a Infraero e Concessionárias devem iniciar no dia 15 de maio.

Graças à luta do Sina nos últimos 28 anos, o Acordo Coletivo de Trabalho da Infraero é considerado uma referência em razão das conquistas de gênero e também para os parceiros do mesmo sexo. Nesta Campanha, o Sindicato continuará a luta pela melhoria e ampliação dos direitos sociais.

Base Sina
Os aeroportuários desempenham  funções importantes que garantem a segurança nas operações nos aeroportos. 
Eles  trabalham em aéreas administrativas, ocupando cargos de superintendência, secretariado e gerência; como profissional de serviço aeroportuário, conhecido como PSA, que é responsável pela fiscalização no pátio, além do sistema de segurança e proteção. Também trabalham nos Terminais de Cargas (Teca).

Em março deste ano, o governo Temer autorizou a privatização de mais quatro aeroportos administrados pela Infraero: Salvador, Fortaleza, Florianópolis e Porto Alegre, que foram comprados pela  francesa Vinci Airports, a suíça Zurich e a alemã Fraport.

A data-base da categoria aeroportuária é 1º de maio e estão em campanha cerca de 12 mil trabalhadores na Infraero e cinco mil nas concessionárias privadas, totalizando 17 mil trabalhadores.
 

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: