“Precisamos elaborar uma pauta que atenda as necessidades dos transportadores de cargas do País”, reforça Paulinho

Encontro Nacional promovido pela CNTT/CUT debate melhorias para a categoria, em Votorantim (SP)


Publicação: 26/11/2014
Imagem de “Precisamos elaborar uma pauta que atenda as necessidades dos transportadores de cargas do País”, reforça Paulinho

Paulo João Estausia, Paulinho, presidente da CNTT/CUT foto: Gilberto Araújo

Começou na manhã desta quarta-feira (26), o Encontro Nacional dos Transportadores Autônomos promovido pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes (CNTT/CUT). Dirigentes dos Sindicatos e Federações ligadas aos Caminhoneiros de todas as partes do Brasil se reúnem para debater uma pauta unificada que atenda e beneficie toda categoria. A atividade acontece no Centro de Convenções do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba, em Votorantim, e  termina nesta quinta-feira (27).

O presidente da CNTT/CUT, Paulo João Estausia, o Paulinho, abriu o encontro dando boas-vindas a todos os participantes e reforçou a necessidade de se chegar a um consenso nos dois dias da atividade. “ Temos a tarefa de elaborar uma pauta para todos os transportadores de cargas do país. Precisamos da união de todas as lideranças para avançarmos nas discussões e lutarmos por uma causa justa”, frisa.

Entre os principais assuntos que serão discutidos no encontro está a criação de canal permanente para debate dentro governo federal, elaboração de uma tabela mínima de frete, implantação de um Programa para incentivar a renovação da frota, melhorias nas condições de financiamento dos veículos e  a nova lei do motorista (Lei 12.619/12), que visa beneficiar a categoria e deverá entrar em breve na pauta de discussões do Congresso.

Pela manhã, os participantes falaram sobre as expectativas da atividade e quais pontos devem ter uma atenção especial. Na parte da tarde, começam os debates sobre  as principais reivindicações para a pauta da categoria.


 Dirigentes da CNTT e caminhoneiros durante Encontro - foto: Gilberto Araújo

 

União da categoria

O presidente da Associação Nacional dos Caminhoneiros (ANTRAC), Benedito Pantalhão, ressaltou a importância da união da categoria.  “O transporte rodoviário de cargas é muito importante, pois se não houver caminhão o país para. Temos que nos conscientizar que nossa profissão é essencial e colocar nossas vaidades de lado e lutar pelo mesmo objetivo”, finaliza.

Base CNTT/CUT

O setor de cargas (representado pelos caminhoneiros profissionais) filiou-se à CUT em dezembro de 2013.
A representação da CNTT/CUT   passou de 1,2 milhão de trabalhadores nos modais rodoviário, ferroviário, metroviário, portuário, marítimo, fluvial, aéreo e viário para cerca de sete milhões com os caminhoneiros autônomos que trabalham em todo o País.

Leia cobertura completa do Encontro

Encontro Transportadores CNTT: Caminhoneiros debatem pauta que será entregue ao governo

Encontro Transportadores CNTT: “A organização da categoria fortalecerá a luta”, destaca Silvestre

Encontro Nacional dos Transportadores da CNTT define Comissão que negociará com o governo


Vanessa Barboza, da Redação CNTT

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: