Sina e ITF promovem treinamento para coibir violência contra as mulheres trabalhadoras na aviação 

A atividade acontecerá nos dias 7, 8 e 9 de maio, em Guarulhos  

Por: Vanessa Barboza, Redação CNTTL
Publicação: 05/04/2018
Imagem de Sina e ITF promovem treinamento para coibir violência contra as mulheres trabalhadoras na aviação 

Divulgação

Estima-se que 35% das mulheres em todo o mundo tenham sofrido em algum momento de suas vidas violência física/sexual, segundo  levantamento da ONU Mulheres feito em 2016.

Com a finalidade de alertar as trabalhadoras na aviação civil, o Sindicato Nacional dos Aeroportuários (SINA), com apoio da Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da CUT (FENTAC) e da ITF (Federação Internacional dos Trabalhadores em Transportes), vai promover nos dias 7, 8 e 9 de maio o evento “Treinamento de Defensoras das Mulheres”, no Monreale Hotel Guarulhos, São Paulo. O evento reunirá as  Aeroportuárias e Aeroviárias de  Guarulhos, Pernambuco, Porto Alegre, da base do Nacional de Aeroviários, e também Aeronautas.

O objetivo do Treinamento  é criar ambientes de trabalho e comunidades mais seguras, fornecendo apoio e recursos para as trabalhadoras que sofrem violência e assédio. Além disso, a iniciativa visa tomar medidas para salvaguardar a segurança da mulher, por meio dos Sindicatos e das empresas. 

Segundo a  Organização Internacional do Trabalho (OIT),  a violência e o assédio afetam seriamente a possibilidade das  mulheres se envolverem no local de trabalho. De acordo com relatório da OIT,  esse problema é um dos fatores que  diminuem a atratividade dos empregos no setor dos transportes para as mulheres e também limita a conservação de empregos nessa área. 

Sobre o Projeto 

O projeto batizado originalmente de “Women's Advocacy” teve início em 1993 no Sindicato dos Trabalhadores do Setor de Automóveis do Canadá. A meta era formar uma rede para identificar qualquer tipo de violência sofrida pelas mulheres no ambiente de trabalho, ou não, mas que traziam consequências e reflexos para essas trabalhadoras dentro das empresas.

Hoje a iniciativa é aplicada em vários países e cada país que já implementou o projeto busca realizar todas as parcerias possíveis com organizações de trabalhadores, governamentais e não governamentais que tenham como finalidade proteger as mulheres vítimas de violência. 

Agora  o projeto pretende atender a América do Sul e inicialmente será desenvolvido no Brasil e Peru. “A realização desse Treinamento por nós, mulheres, e para nós do setor aéreo, no momento político, e principalmente sindical em que o Brasil está atravessando é um marco histórico”, destaca Mara Meiry, dirigente do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina), Secretária das Mulheres da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte e Logística (CNTTL)   e  coordenadora da atividade.

Em breve, o Portal CNTTL vai divulgar a programação completa do evento.

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: