Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes

Uberlândia (MG): Sinttrurb cobra diálogo com a Prefeitura para implantar Lei que exige cobrador nos ônibus

Presidente do Sindicato, Marcio Dulio, falou na tribuna da Câmara na quinta (3)

Por: Vanessa Barboza, Redação CNTTL
Publicação: 07/08/2017
Imagem de Uberlândia (MG): Sinttrurb cobra diálogo com a Prefeitura para implantar Lei que exige cobrador nos ônibus

Foto:reprodução/vídeo

Dirigentes Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Coletivo e Urbano de Passageiros de Uberlândia (Sinttrurb/CUT) participaram na última quinta-feira (3) de audiência na Câmara Municipal da cidade para cobrar do prefeito  Odelmo Leão (PP) a sanção do  projeto de Lei (00038/2017) que exige um segundo profissional nos veículos. 

O presidente do Sinttrurb, Marcio Dulio, falou na tribuna sobre a luta do Sindicato. “Temos intensificado uma campanha para garantir os postos de trabalho para os cobradores. Em 6 de março apresentamos uma minuta de projeto de Lei à Câmara que foi aprovada por unanimidade. Já no dia 10, ela foi encaminhada ao prefeito. No dia 29 de março, o Sindicato solicitou uma audiência com o prefeito que não foi atendida. Em 29 de junho foi realizada audiência pública na Câmara que contou com a participação em peso da sociedade, mas não tivemos nenhum posicionamento do executivo. Infelizmente, o prefeito está tapando os olhos para  a realidade dos trabalhadores”.

O sindicalista alertou também que a retirada de cobradores começou a ser intensificada em junho deste ano. “O prefeito tenta colocar a culpa dessa medida na antiga gestão, mas o que vemos que várias linhas estão com motoristas sobrecarregados” alerta.

Marcio Dulio reforçou a necessidade de se construir um diálogo entre a Câmara, a Prefeitura e o Sindicato. “Temos que ver uma alternativa que não prejudique os trabalhadores e a população e que garanta a qualidade do serviço de transporte coletivo na cidade”, finaliza.  

Bandeira permanente 

Defender a profissão do cobrador/agente de bordo é uma bandeira de luta permanente da CNTTL/CUT nas bases da entidade em todo o país. 

“É fundamental ter uma segunda pessoa no ônibus para auxiliar os passageiros durante a viagem do coletivo. O motorista tem que prestar atenção no trânsito, não pode ficar dando troco e cuidando dos problemas que ocorrem no interior dos ônibus. Por isso, entendemos que é necessário o segundo trabalhador, que pode ser o cobrador ou o agente de bordo. Hoje é proibido fazer outra função em movimento, portanto, dirigir e cobrar ao mesmo tempo é inviável e inseguro ao passageiro”, salienta, Paulinho, presidente da CNTTL.

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: