Brasília: Em reunião na FNP, presidentes relatam que Companhias Docas propõem 0% de reajuste e retirada de direitos nos acordos coletivos
Para Eduardo Guterra, essas dificuldades não são só uma realidade nos portos, mas em todas as categorias
Por: Redação CNTTL com Federação Nacional dos Portuários
Publicação: 07/06/2017
Imagem de Brasília: Em reunião na FNP, presidentes relatam que Companhias Docas propõem 0% de reajuste e retirada de direitos nos acordos coletivos

Presidentes dos Sindicatos na FNP - foto: Comunicação FNP

Os presidentes dos sindicatos que representam os trabalhadores das Companhias Docas se reuniram nesta quarta-feira (7) na sede da Federação Nacional dos Portuários, em Brasília, para discutir sobre as negociações coletivas da categoria. Na oportunidade, também foi pautado outros assuntos de interesse portuário, como Portus e privatizações.

Durante o encontro,  os dirigentes relataram que as estatais estão inflexíveis e oferecem 0% de reajuste salarial e ainda querem mexer ou retirar cláusulas dos acordos, como a liberação de dirigente sindical. 
Ainda  repudiaram a posição das Companhias Docas e anunciaram que irão brigar pelo reajuste salarial, pela manutenção das cláusulas e vigência do acordo até que um novo seja assinado.

Dificuldades nos demais setores
O presidente da FNP, vice-presidente da CNTT e diretor da Executiva da CUT, Eduardo Guterra, disse que as dificuldades para o fechamento dos acordos coletivos, não são só uma realidade nos portos, mas em todas as categorias do setor público e privado.

“Estamos abertos à negociação, mas aceitamos  0% como proposta de reajuste salarial e nem permitiremos que alterem cláusulas que prejudiquem os trabalhadores”.

Também participaram do encontro da discussão da Campanha Salarial: Everandy Cirino e João de Andrade do Sindaport de Santos, Sérgio Giannetto do Sindicato dos Portuários do RJ, Ernani Pereira do Suport-ES, Domingos Barbosa do Suport Bahia, Silvano Barbosa do Sindicato dos Serviços Portuários do Rio Grande do Norte, Rodrigo Vilhena do Sindporto do Pará, Jonas Melo do Sindiguapor, Milton Jorge do Sindport Alagoas e Lusivaldo Moraes Sindport do Maranhão. Além do secretario de Finanças da FNP, José Renato. 

Uma nova reunião entre os dirigentes foi agendada para o próximo dia 20 de junho, na sede da Federação, em Brasília.


Foto: Comunicação FNP

Reunião na SEP
Logo após, os dirigentes se reuniram  na Secretaria de Portos da Presidência da República para debater a mesma pauta e reafirmar posição em relação à negociação.

a ocasião, foram recebidos pelo  Secretário, Luís Otávio Campos, Alber Vasconcelos, e pelo deputado federal João Paulo Tavares Papa (PSDB-SP).

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: