Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes

Vagner Freitas: “Não há eleição legítima sem povo”

CUT e Frentes populares defendem que não aceitarão qualquer saída para o governo Temer que não seja eleição direta e cobram retirada imediata das reformas

Por: Com CUT
Publicação: 19/05/2017
Imagem de Vagner Freitas: “Não há eleição legítima sem povo”

Roberto Parizotti

A CUT e os movimentos sociais, que compõem as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, promoveram na quinta (18) uma coletiva de imprensa, na sede da central, em São Paulo.

Na ocasião, o presidente nacional da CUT, Vagner Freitas, deixou claro a central e as frentes  não aceitarão qualquer saída ao governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB) fora das eleições diretas.

Para as organizações, ainda que protele a decisão, o cambaleante Temer (PMDB) já sabe que não tem condições políticas, governamentais e moral para se manter como presidente da República.

A questão agora é discutir o que ou quem o sucederá e acertaram que o eixo “Fora Temer, Diretas Já e pela retirada imediata das reformas Trabalhista e Previdenciária” norteará a luta.

“Entendemos que ele deve renunciar imediatamente à presidência e não aceitaremos o golpe dentro do golpe. O que se está construindo é a saída dele e a indicação por via indireta de outro qualquer nas hostes da república e que tem implicação nesta crise tanto quanto ele. Só não tem gravação. Ainda”, lembrou Vagner.

Segundo ele, a ascensão ao cargo sem consulta ao povo só aprofundará a crise, seja o escolhido da Câmara, Senado ou do Supremo Tribunal Federal (STF).

“(Se isso acontecer) nós vamos continuar fazendo a campanha pelas Diretas Já que vamos denunciar internacionalmente que os mesmos que construíram a crise continuam no poder, só trocando de nome. A crise é uma oportunidade para que o Brasil possa convocar eleições direitas elegendo um governo com credibilidade para propor mudanças econômicas necessárias para o Brasil sair da crise”, defendeu Vagner.

Calendário de lutas

Para o presidente da CUT, as ruas mostrarão nos próximos dias que o país não quer mais conviver com um governo marcado pela sujeira e a incompetência.

Em diversas cidades do país hoje acontecerão manifestações. Em São Paulo, a mobilização acontece na Avenida Paulista, às 19h, no vão livre do MASP.

No próximo dia 21, mais uma vez o povo vai às ruas em todo o Brasil pelo “Fora Temer” e dia 24 haverá ato centralizado em Brasília. Mas outras cidades também promoverão manifestações.

“A hora é de lutarmos para sair da crise e pelo retorno do desenvolvimento econômico, da credibilidade e pelo fim da bandalheira”, convocou Vagner.

 

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: