Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes

31% das brasileiras foram vítimas de assédio no trabalho, aponta pesquisa

Levantamento do Instituto Locomotiva aponta que são 12 milhões num universo de 38,8 milhões de trabalhadoras

Por: Com Brasil 247
Publicação: 12/04/2017
Imagem de 31% das brasileiras foram vítimas de assédio no trabalho, aponta pesquisa

Pesquisa feita pelo Instituto Locomotiva, de Renato Meirelles, revelou que 31% das brasileiras que trabalham já sofreram assédio por um superior.

Segundo o levantamento, ao todo, são 12 milhões num universo de 38,8 milhões de trabalhadoras.

As mais atacadas são aquelas com ensino superior (40%), e entre 34 e 49 anos (34%). A região em que as mulheres sofrem mais mais assédio é no Sudeste (33%). 

 

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: