Brasília: CNTTL participa de 13ª reunião do setor de cargas secas nesta terça (9)

Encontro acontece, às 14h, no gabinete do Ministro do Ministério dos Transportes

Por: Viviane Barbosa, da Redação CNTTL/CUT
Publicação: 08/08/2016
Imagem de Brasília: CNTTL participa de 13ª reunião do setor de cargas secas nesta terça (9)

Reunião do dia 27 de julho crédito: Ruy/Ministério dos Transportes

O presidente da CNTTL/CUT, Paulo João Eustasia, o Paulinho, participa nesta terça-feira (9) em Brasília da 13ª reunião do Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário de Cargas (Fórum TRC) do Segmento de Cargas Líquidas. O encontro acontece, às 14h, no 6º andar, no gabinete do Ministro dos Transportes, em Brasília.

Na  reunião passada, ocorrida em 27 de julho, empresários de empresas transportadoras debateram sobre o controle de jornada e a remuneração dos profissionais do volante. 

Segundo Paulinho, eles tentaram propor a troca do pagamento da hora extra por “comissões de produtividade”, proposta que foi  rechaçada pelo sindicalista porque infringe o artigo 62 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), que reconhece o pagamento de horas extras ao motorista carreteiro que tenha anotado em sua Carteira Profissional. 

“Estamos participando dos debates do Fórum para defender os direitos dos caminhoneiros brasileiros contra qualquer proposta patronal, que vise seus interesses e a retirada direitos”, explica o presidente da Confederação, que acompanha as discussões do Fórum TRC há um ano, quando foi criado por reivindicação da CNTTL/CUT na gestão da presidenta Dilma Rousseff.

Segundo a Agência Nacional de Transportes Terrestres? (ANTT), órgão ligado ao Ministério dos Transportes, no Brasil 
estão legalmente cadastrados cerca de três milhões de caminhoneiros (com registro em carteira e autônomos), já aproximadamente três milhões encontram-se em situação irregular.

Sobre o Fórum
O Fórum dá sequência aos compromissos assumidos pelo governo em fevereiro de 2015 com a CNTTL, representantes de caminhoneiros e transportadores. Por meio dele, o governo federal estabelece um canal de diálogo para debater, oferecer sugestões e medidas técnicas para o aperfeiçoamento do setor.

Composto por representantes do Ministério dos Transportes, Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), além de representantes dos transportadores autônomos de carga e das empresas de transportes de cargas e dos embarcadores de carga, o Fórum  faz bimestrais tendo como foco a melhoria do transporte de cargas e das condições de trabalho dos caminhoneiros.

Transportando CNTTL-CUT
Secretário Nacional de Comunicação: José Carlos da Fonseca - Gibran
Agência: Mídia Consulte Comunicação

Editora:Viviane Barbosa MTB - 28121 
Redatora: Vanessa Barboza MTB-74572
Assessoria de Comunicação: Mídia Consulte 
Redação: Imprensa /CNTTL :: Transportando o Brasil 
Siga-nos: http://www.twitter.com/cnttcut
Flickr: http://www.flickr.com/photos/cnttcut/

Mídia

Canal CNTTL

+ Vídeos

Cobertura Especial

Parceiros

Boletim Online

Nome:
Email: